A pessoa acessa o e-commerce pelo celular, tira uma dúvida com um robô, escolhe um produto sob medida e por voz, e paga pelo PIX.

Se a sua plataforma de e-commerce ainda não é assim, fique esperto(a): a concorrência já está de olho para oferecer experiência igual ou melhor.

Neste post, você confere dez das novas tendências do e-commerce para 2021. Bora saber o que há de novo?

ASSINATURAS

Além de vender isoladamente, você pode oferecer a assinatura de seus produtos – e quiçá, serviços, quando possível.

Basta aderir ao modelo que já virou ‘febre’ no mercado digital. A iniciativa é inspirada nas antigas assinaturas de jornal e revistas – ou nas atuais, do Netflix, por exemplo.

Produzimos um artigo exclusivo sobre este assunto com várias dicas de negócio. Clique aqui e confira!

BIG DATA E INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

A internet é um ambiente que permite a mensuração dos hábitos e preferências de seus clientes como nenhum outro.

E tudo isso fica registrado toda vez que eles frequentam seu ambiente digital. Cada clique, cada pesquisa, cada compra.

É neste ponto que você pode lançar mão de ferramentas de inteligência artificial para registrar, explorar e convertes esses dados em vendas.

CHATBOTS

Você acaba de entrar no e-commerce e uma carinha aparece no canto da tela, disponível para ‘falar’ contigo.

São os chatbots. Trata-se de um recurso cada vez mais comum para atender o público em demandas mais simples do dia a dia.

Anúncios


É uma ferramenta que economiza tempo, dinheiro e proporciona alguma solução para seu cliente de forma prática, rápida e online.

COMPRAS PERSONALIZADAS

Não basta mais ‘apenas’ vender um produto eficiente. Os novos tempos têm exigido um passo à frente: é necessário personalizar.

Sim, há produtos cujas características podem ser alteradas pelo e-commerce de modo a torná-los únicos.

Evidentemente que esse recurso depende da sua capacidade de dinamizar sua produção ao gosto do freguês, literalmente.

LOJAS VIRTUAIS INTERATIVAS

Não sei se você já passou pela experiência: antes de comprar um apartamento, você ‘percorre’ todos os cômodos e até vê o sol nascer da sacada.

Detalhe: o apê ainda está na planta. O prédio ainda nem existe. Mas, você já ‘esteve lá’ por recursos de tecnologia.

Esta interatividade pode ser ampliada a muitos tipos de produto. Qual recurso permitiria a mesma experiência em seu e-commerce? Reflita aí.

MOBILE COMMERCE

Responda rápido: quantas vezes você já comprou pelo celular? É, a depender de seus hábitos de consumo, a reposta não vem fácil.

Motivo simples: você está longe de ser o único. O celular é, cada vez mais, a porta de entrada de seu e-commerce.

Portanto, trate de deixa-lo em ordem. Cuide para que a navegação seja a mais adequada e adaptada possível ao estilo mobile.

 PAGAMENTO INSTANTÂNEO

Sabe o PIX? Então, dá para usar este recurso para pagar o produto que eu adorei em seu e-commerce? Ainda não?

Não sei se você reparou, mas o PIX facilitou demais a vida de quem compra e, claro, para aqueles que recebem.

Portanto, se for o caso, atualize já sua plataforma. A facilidade na compra é um ‘detalhe’ que faz a diferença entre você e sua concorrência.

RE-COMMERCE

Quando você precisa comprar livros, costuma dar aquela espiada nos sebos universitários para ver se não encontra o título desejado por lá?

Pois é: comprar itens usados, mas em bom estado também é uma tendência, inclusive em plataformas especializadas.

É o que se chama de re-commerce. De repente, aquele monte de coisas que você tem pode ‘virar dinheiro’ – e, quem sabe, um novo negócio.

SHOPPABLE CONTENT

O QR Code anda requisitado como nunca. Inclusive, para negócios. É algo, aliás, que promete aprimorar suas vendas em 2021.

A leitura do QR Code agiliza processos. Melhor: conduz o seu cliente diretamente para a decisão de compra.

Outra estratégia: produza conteúdos que provoque interatividade e engajamento, lincados às páginas de seus produtos.

VOICE COMMERCE

Você costuma falar com o Google para suas pesquisas? Sabia que já dá para comprar utilizando apenas a sua voz?

É o que já acontece no mercado norte-americano – e, claro, já está desembarcando no Brasil como forte tendência para 2021.

Quem sabe, em breve, a gente poderá solicitar aquela lista de pedidos em seu e-commerce. Em viva voz, claro.