O nome George Jetson é familiar para você?

Fala a verdade, o desenho animado Os Jetsons marcou sua infância.

Se você disse “sim”, tudo bem, você entregou sua idade.

Mas não é esta a questão, o que temos para te contar é que aquela realidade futurista dos Jetsons pode estar mais perto do que você imagina.

Aquela cena marcante do pássaro preferindo caminhar no chão porque o espaço estava congestionado de “carros voadores” na época dos Jetsons não sai da cabeça de muita gente.

Será que estamos prestes a embarcar nesta época daqui a dois anos?

Uma startup japonesa já testou seu primeiro carro voador, com sucesso, e promete comercializá-lo a partir de 2023.

Ficou curioso? Vem com a gente neste post.

 

Entenda por que Os Jetsons do passado podem fazer parte do seu futuro

 

George Jetson era o pai de família que se envolvia em poucas e boas em casa, “na rua” (no espaço, afinal, os carros eram voadores) e no trabalho.

Anúncios


A família tinha George, sua esposa Jane e seus filhos Elroy e Judy, a empregada The Robot. E quem não lembra do cãozinho, o Astro?

Pois é, aquele futuro do desenho animado criado pela Hanna Barbera, dos criadores William Hanna e Joseph Barbera pode estar no horizonte.

Uma empresa japonesa anunciou ao mundo que teve sucesso nos testes de um carro voador. E a previsão é de lançamento já para 2023.

 

Entenda como foi o lançamento do carro voador no Japão

A SkyDrive conduziu a primeira demonstração pública de um carro voador. Foi no ano passado no Campo de Testes da montadora Toyota, no Japão.

Batizado de SD-03, o carro decolou e circulou o local por cerca de quatro minutos, sendo comandado por um piloto.

A ideia da empresa é que os carros voadores sejam um meio de transporte acessível e conveniente nos céus, sem esquecer da segurança e do conforto.

Com o sucesso dos testes, o SD-03 é o menor veículo elétrico de decolagem e pouso vertical do mundo.

O carro voador japonês possui oito motores para garantir segurança em situações de emergência.

Mais testes ocorrerão no futuro para garantir que a segurança e a tecnologia do veículo atendam aos padrões da indústria.

A empresa continuará a desenvolver tecnologias para lançar com segurança o carro voador em 2023. E se você é apressadinho e já está querendo saber o preço, relaxa, nenhum preço foi anunciado.

 

 

Saiba qual é o objetivo do governo chinês ao apoiar o projeto

A startup SkyDrive Inc. tem a ajuda financeira do governo japonês neste projeto.

O governo espera que esse novo meio de transporte otimize o resgate de vítimas de desastres naturais, tão comuns por lá.

Segundo as informações divulgadas pelo governo e pela fabricante, a versão final terá lugar para dois passageiros e vai ocupar o espaço de duas vagas para carros convencionais.

 

Carro voador pode ser popular em 2050

Se as previsões da empresa estiverem corretas, o veículo será popular em 2050.

Já pensou no seu popular de hoje, aí na sua garagem, ser um carro voador? Sendo assim, este carro futurístico aí vai ser o Mobi, o Ka ou o Gol daqui a uns 30 anos.

É só a previsão se confirmar e a gente viver até lá e com saúde para ter carteira de habilitação para dirigir. Dirigir no espaço!

 

Outra meta da empresa é lançar táxi aéreo no Japão

 

E não foi a primeira vez que esta startup atraiu as atenções do mundo.

Em dezembro de 2019, fez história com o voo de um protótipo tripulado em Tóquio, que chega até 100 km/h e pode voar por apenas algumas dezenas de quilômetros.

No mesmo ano de lançamento do carro, a SkyDrive também pretende implementar um serviço de táxis aéreos em Tóquio ou Osaka.

O passeio levará até cinco minutos que vão valer o mesmo que 20 minutos de transporte terrestre.