Você já deve ter se perguntado porque nas estórias infantis sempre os lobos são do mal.

Muitas crianças, quem sabe até você mesmo, crescem achando, inclusive, que o “mau” faz parte do nome do animal: Lobo Mau.

Já se deu conta disso? O leão é o rei, o macaco é o brincalhão, o coelho é o ligeirinho, a tartaruga, do alto de sua idade, é o ser sábio, mas o lobo é simplesmente o Lobo Mau!

Os lobos sempre foram pintados assim nos contos de fada e assustam crianças até hoje, principalmente meninas indefesas.

É trazendo este viés, com esta introdução que a sinopse do livro ‘Mulheres que correm com lobos’ provoca o leitor.

Olha o que diz em sua apresentação, “nem sempre os lobos foram vistos como criaturas terríveis e violentas. Na Grécia antiga e em Roma, o animal era consorte de Artemis, a caçadora, tanto que carinhosamente amamentava os heróis”.

Pois é, como entender que, em outra história que nos é apresentada na infância, foi a loba que amamentou Rômulo e Remo, na fundação lendária de Roma!

Então, se o lobo fosse sempre do mal, porque a loba salvou a vida dos gêmeos abandonados?

Esta provocação foi feita pela autora, Clarissa Pinkola Estés neste livro que foi relançado agora pela Editora Rocco no Brasil e vem tendo destaque nas listas dos mais vendidos.

Confira neste post uma breve narrativa sobre três dos livros mais vendidos em 2021 e descubra o que eles têm em comum:

 

Anúncios


Outro viés sobre o que está estabelecido na sociedade

Entre os três livros mais vendidos no Brasil neste ano, não é apenas ‘Mulheres que correm com lobos’ que desafiam o ‘status quo’, nossos costumes estabelecidos.

Os outros dois também são livros emblemáticos, talvez você apenas não tenha se dado conta. A diferença é que eles já aparecem no topo da lista de Best Sellers há mais tempo.

‘Mais Esperto que o Diabo’, de Napoleon Hill, traz lições de como aprender com o ser maligno e se tornar mais esperto.

Em 3º na lista aparece ‘Pai Rico, Pai Pobre’, sucesso há cerca de 20 anos, que a exemplo dos dois citados, questiona o sentido de riqueza e pobreza.

Este livro foi disruptivo pois questionou que nem sempre seja mais rico aquele que tem uma educação nas melhores universidades e um emprego estável.

Ele traz esta comparação com “um pai pobre” que trabalha sem dia e nem hora certa,  em vários segmentos e, que, por isso até poucas décadas atrás sequer tinha posição social ou profissão claramente definida.

Hoje, inclusive por conta deste livro e de outros que vieram nesta linha, houve uma mudança de mentalidade, este “pai pobre”, ao contrário de antes, é chamado de investidor, é o “Pai Rico”, na verdade.

 

Entenda a diferença entre Long Seller e Best Seller

Você já ouviu falar muito em Best Seller e já sabe até o que significa. Mas, e Long Seller?

Pois é, outra característica comum a estes três livros é desafiar o ‘status quo’ quando foram escritos.

Atualmente podem até ser chamados de Best Sellers, pelo sucesso que são, pela grande quantidade de vendas em pouco tempo.

Mas, os três, na verdade, são Long Sellers, os livros que se vendem constantemente por longos períodos de tempo.

 

Mulheres que correm com lobos

Este livro é um dos mais vendidos no Brasil na atualidade. É o mais vendido pela Amazon em seu segmento.

E já chegou a 2º mais vendido em vários levantamentos, como o PublishNews, portal especializado na indústria livreira.

O livro é da psicóloga junguiana, nascida em Indiana (EUA), Clarissa Pinkola Estés.

Apesar deste livro ganhar destaque agora, ele não é recente. É um livro lançado em 1992, quando tornou a autora mundialmente conhecida. Recentemente ele apenas foi relançado pela Editora Rocco com novo projeto gráfico.

O primeiro viés deste livro é comparar lobos e mulheres. Em sua teoria, há determinadas características psíquicas comuns às duas “espécies”.

A autora enumera estas virtudes comuns aos lobos e às mulheres: devoção extrema, espírito brincalhão e percepção aguçada, além da força e da capacidade de resistir por muito tempo.

A autora acredita que na sociedade moderna, as mulheres estão sendo tratadas assim como os lobos nas estórias infantis.

O livro aborda 19 lendas, mitos e contos de fadas, como a história do patinho feio e do Barba Azul, mostrando como a natureza instintiva da mulher foi sendo domesticada ao longo dos anos, punindo a todas.

De acordo com esta reflexão que a autora traz, cada mulher precisa encontrar seu brilho, sem fuga, vivendo como viveria em sua natureza selvagem.

 

Mais esperto que o diabo

O líder do ranking dos mais vendidos do ano também foi o mais vendido em 2020:  ‘Mais Esperto que o Diabo’, de Napoleon Hill, prefaciado por Thiago Nigro, autor do canal Primo Rico para a editora Citadel.

Na lista dos mais vendidos de Veja, ele aparece em 1º há 103 semanas não consecutivas.

Assim como ‘Mulheres que correm com lobos’ voltou a figurar no topo dos mais vendidos depois de 30 anos, também é curioso que este livro de Napoleon Hill foi escrito em 1938, mas só foi lançado mundialmente em 2011.

O livro foi mantido em segredo e só foi publicado mais de 70 anos depois, talvez, pela polêmica que é sua proposta.

Ele narra uma suposta entrevista que o autor fez com o próprio diabo, enquanto estava em um momento difícil de sua vida.

É uma parábola, ou, para usar uma linguagem mais atual, traz uma storytelling para ajudar o leitor a criar mecanismos que ajudem a vencer o medo, a procrastinação e outras coisas que o impedem de obter sucesso na vida.

É deste livro uma das teorias mais famosas do autor, que certamente você já deve ter ouvido falar: “Em toda adversidade sempre existe uma semente de benefício equivalente”.

 

Pai Rico, Pai Pobre

Muito provável você já tenha lido este livro, que é o número 1 em finanças pessoas do Brasil.

Se você já o leu, não custa nada a gente relembrar um pouquinho deste que está em 3ºe entre os mais vendidos, com a edição de 20 anos.

Robert T. Kiyosaki instiga o público à leitura ao indagar se a escola prepara crianças para o mundo real? O recado é ousado, mostrar que boa formação e notas altas não bastam para assegurar nenhum sucesso a ninguém, pois poucos foram doutrinados a entender o mínimo sobre finanças.

 

Saiba quantos exemplares cada livro vendeu

Confira os 5 mais vendidos conforme levantamento do PublishNews, portal criado em 2001, especializado em livros. Confira o Top 5 e quantos exemplares cada um vendeu:

1 – Mais esperto que o diabo (Napoleon Hill) – 39.486

5 – Mulheres que correm com os lobos (Clarissa P. Estes) – 21.635

3 – Pai rico, pai pobre – Edição 20 anos – edição de 20 anos (Robert Kiyosaki) – 21.635

4 – Do mil ao milhão (Thiago Nigro) – 21.376

5 – A sutil arte de ligar o foda-se (Mark Manson) – 20.945

Os demais, até o 10º são: ‘O duque e eu’, ‘Atitude positiva diária’, ‘Torto arado’, ‘O poder da autorresponsabilidade’ e ‘A revolução dos bichos’.

*Fonte: Publishnews.com.br

 

Saiba quais são os mais vendidos da Amazon, Estadão e Veja

Sabe quais as editoras lançaram os livros de sucesso ou que mais vende?

Entre as editoras, as cinco que mais venderam neste ano estão a editora Gente, Sextante, Companhia das Letras, Citadel e Intrínseca.

Agora, para finalizar o post, saiba quais os mais vendido através de outros levantamentos. Em geral, muda apenas a ordem, pois os livros são os mesmos.

Eis os mais vendidos pela Amazon em 2021, na ordem: ‘O homem mais rico da Babilônia’, ‘Destruidor de mundos’, ‘Torto arado’, ‘Coraline’ e ‘Do mil ao milhão’.

Saiba os mais vendidos de 2020 pelo ranking do Estadão, levantamento feito pela Nielsen: ‘Do mil ao milhão’, ‘A sutil arte de ligar o foda-se’, ‘Mulheres que correm com os lobos’, ‘Mais esperto que o diabo’ e “O milagre da manhã’.

Para fechar a lista, os mais vendidos de 2021 pela Veja em ficção: ‘A garota do lago’, ‘Torto arado’, ‘1984’, ‘A revolução dos bichos’ e ‘O morro dos ventos uivantes’. Em autoajuda, são ‘Mais esperto que o diabo’, ‘Do mil ao milhão’, ‘O homem mais rico da Babilônia’, ‘A hora da essência’ e ‘O poder do hábito’.

Se você gostou destas listas, temos mais uma para finalizar o post. Os mais vendidos pelo New York Times não traz nenhum dos que estão no Top 5 do Brasil. Confira os mais vendidos lá fora : ‘Life aftr death’ (Sister Souljah), ‘Later’ (Stephen King), ‘Dark Sky’, ‘The Four Winds’ e ‘The Affair’ (não ficção).