Não resta dúvidas de que as séries de tv são uma das maiores fontes de entretenimentos hoje em dia. A busca pelas várias distribuidoras de Streaming se deve, não só ao isolamento da pandemia, mas também ao grande investimento em qualidade e diversidade que empresas, como a Netflix e a Disney + , fizeram nos últimos anos.

Séries que mostram o cenário de grandes empresas do setor financeiro e histórias de empreendedorismo

No que diz respeito às finanças pessoais, ou mesmo, às empresariais, algumas séries proporcionam um encontro ao mundo corporativo. Entre as variadas séries disponíveis temos três delas que podem te ajudar a entender melhor o mundo financeiro e empresarial, bem como deixar alguns alertas enquanto você se diverte com a trama televisiva. Conheça e assista:

Billions

A série traz uma abordagem sobre o mercado financeiro, empresas, busca por ascensão de poder e política. Tudo isso é permeado numa trama onde Bobby Axelrod um bilionário que comanda uma empresa de investimentos de Wall Street está sendo investigado por Chuck Rhoades, um promotor de Nova York, que vê na possibilidade de incriminar as transações da empresa de Bobby o caminho de sua consagração profissional e escalada política.

Acompanhando o enredo, outras tramas se desenvolvem graças a personagens que permeiam o universo dos dois personagens. Muitos dos conflitos de interesses e transações apresentadas são cheias de informações sobre o dia a dia de uma empresa de finanças e de suas implicações com a legislação e a ética. O desenrolar dessas subtramas nos apresenta de forma didática e facilitada o mundo corporativo financeiro e as implicações das atitudes dos personagens e empresas fictícias, mas que não entram em conflito com as regras da realidade.

Suits

A série se passa em torno de um escritório de advocacia que lida com grandes contas empresariais. O enredo tem como protagonistas o advogado corporativo Harvey Specter, e de seu assistente Mike Ross, um jovem sem formação em Direito, mas dotado de memória fotográfica.  As contendas entre empresas, bem como as concorrências internas, dão boa noção ao público de como as negociações podem envolver questões legais, políticas e financeiras.

A série deixa transparecer o quão dissimuladas podem ser as reais intenções das palavras em reuniões de planejamento e decisões. A inveja e a arrogância acompanham os casos e dão o tom da realidade dos grandes empresários.

A disputa por cargos e liderança, as estratégias e segredos por trás delas fazem da série uma ótima indicação para quem quer entender mais da rotina de grandes corporações.

Girlboss

A série mostra de maneira inspiradora a escalada de sucesso de uma pessoa comum através do empreendedorismo. A história se desenvolve a partir da personagem Sophia, que tinha todas as características de uma jovem comum, mas que se viu obrigada a cuidar de seu sustento. Seu passado de dificuldades lhe deu um forte senso de iniciativa e independência. A ausência de perspectiva de um emprego formal e as privações da falta de dinheiro, fazem com que a protagonista dê início à venda de roupas usadas pela internet.

A empreitada de vendas on-line acaba dando certo e depois de alguns anos a personagem passa a ser uma grande empresária no ramo, tendo centenas de empregados e uma fortuna para administrar.

Sophia representa muitos dos valores fomentados dentro das empresas mais aguerridas, como atitude, intuição e instinto. Nada disso deixa de ter seu preço e, assim como na vida real, os altos e baixos estão sempre presentes na vida da personagem, que tem que lidar com o mercado, concorrência e deslealdade comercial.

Baseada em um best-seller, a série é tão inspiradora quanto o livro, que atingiu sucesso de vendas no mercado americano.

Anúncios