Conseguir o primeiro emprego é um grande desafio, principalmente porque o mercado está cada vez mais competitivo. Portanto, é preciso ter muita paciência e dedicação para vencer esse desafio, além de ter boas qualificações.

Para ajudar quem está querendo conquistar o primeiro emprego, o Alto Tietê Web preparou um texto com 4 dicas básicas para quem está começando. Com elas, você aprenderá o que considerar na hora de se qualificar, o que colocar no currículo para ter destaque e a lidar com a entrevista. Confira!

1 – Busque qualificações

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, e as empresas sempre buscam os candidatos mais qualificados para preencher as vagas. Como você ainda não possui nenhuma experiência no mercado, o ideal é buscar a maior quantidade de qualificações possíveis.

Vale lembrar que ter apenas um diploma do ensino médio ou superior por si só não garante tanto destaque. Dessa forma, o seu currículo deve estar recheado com cursos e participações em diversos tipos de eventos, como seminários e workshops.

A busca por cursos para aprimorar suas habilidades e aprender novas técnicas é útil tanto para quem está cursando o ensino médio, quanto para quem está no superior.

Para os estudantes do ensino médio, por exemplo, os cursos técnicos profissionalizantes podem ser uma excelente oportunidade para entrar no mercado com o pé direito. Além disso, esse tipo de curso contribui para que você entre no ensino superior com mais qualificação.

Existem diversas escolas e programas que oferecem esse tipo de curso. O Senac, por exemplo, oferece diversos cursos para diversas áreas. Além disso, existe também o Pronatec, um programa governamental que oferece diversos cursos profissionalizantes de forma gratuita.

2 – Capriche no currículo

O currículo é o meio para apresentar as suas qualificações para o mercado de trabalho. Dessa forma, um currículo caprichado é muito importante para se destacar em processo de seleção.

Para começar, coloque todas as informações para contar, como o nome completo, telefone, e-mail e perfil em redes sociais profissionais.

Em seguida, coloque todas as qualificações relevantes, incluindo a sua formação acadêmica, para a vaga no currículo. Essas informações devem estar destacadas em seu currículo, para chamar a atenção dos recrutadores. Além disso, elas devem estar dispostas em ordem cronológica, da mais antiga para a mais nova.

Além disso, não se esqueça de colocar as informações sobre as empresas e escolas que você fez o curso.

Anúncios

Por fim, não se esqueça de revisar o texto, pois é muito importante evitar qualquer tipo de erro ortográfico ou gramatical.

3 – NUNCA use informações falsas

Sim, é muito comum sentir insegurança para ingressas no mercado com pouca experiência. Entretanto, a falta de experiência não é uma justificativa para colocar informações falsas no currículo.

Se você utilizar alguma informação falsa, você poderá ter problemas. Caso o recrutador identifique alguma contradição em sua fala, ou verifique os dados apresentados em seu currículo, você ficará de fora do processo seletivo e, ainda, você pode não ser mais chamado para participar de qualquer seleção daquela empresa.

Sendo assim, nunca, jamais coloque qualquer tipo de informação falsa em seu currículo!

4 – Tome cuidados com a entrevista

Seu currículo foi selecionado e você foi chamado para a entrevista? Parabéns! Agora é hora de se preparar para a parte mais importante de um processo seletivo.

O nervosismo é algo completamente normal nessa etapa do processo seletivo, mas é importante manter a calma! Portanto, é importante fazer atividades que você gosta na véspera da entrevista, para que você possa dissipar o nervosismo e ir tranquilo para a entrevista.

Além disso, organize-se para o dia da entrevista, afinal de contas, a pontualidade é um grande diferencial, e serve também para mostrar que você está interessado na vaga.

As roupas para a entrevista também devem ser escolhidas com cuidado. Evite acessórios e roupas espalhafatosas, dando preferência para as elegantes e discretas.

Na hora da entrevista, não tenha medo! A entrevista não é nenhum pesadelo, ela é uma maneira da empresa conhecer seus futuros empregados e verificar se, de fato, ele possui as qualificações necessárias para ingressar na empresa.

Só o fato de já terem te chamado para entrevista já é um sinal que eles se interessaram por suas qualificações. Portanto, não há motivo para pânico.

Dessa forma, responda as perguntas do entrevistador com calma. Seja comunicativo, e não tenha vergonha de admitir que não sabe alguma coisa. Não se esqueça da dica anterior: não use informações falsas.

Além disso, não deixe de falar sobre as suas características e dos seus objetivos profissionais para o futuro! As empresas querem contratar pessoas cujo perfil se encaixa aos objetivos delas. Portanto, seja sincero, e não deixe de falar sobre isso.

 

Por fim, o Alto Tietê Web está torcendo para você mandar bem na entrevista. Se você quer ler outras dicas sobre trabalho, não deixe de dar uma olhada nos nossos artigos.