O Telegram surgiu em 2013 foi criado por dois Irmãos russos Pavele e Nikolai Duvov, suas funções são basicamente as mesmas do WhatsApp, enviar mensagens de texto, áudio, vídeo e outros tipos de arquivos. Acabou ficando conhecido no Brasil quando o aplicativo de Mark Zuckerberg saiu do ar por algumas horas em 2015, como alternativa de comunicação as pessoas baixaram o Telegram e passaram a utilizá-lo como segunda opção. Hoje 45% dos brasileiros tem um aplicativo do Telegram baixado em seus aparelhos de celular, mas alguns não sabe bem utilizá-los ou não conhecem algumas funções o que o Telegram tem disponível diferentes do WhatsApp.

o Telegram possui canais de interação entre empresas e usuários, é um aplicativo com armazenamento 100% na nuvem, se você migrar de um Android para IOS suas conversas estarão salvas, no WhatsApp o backup só funciona quando a mudança de aparelho é para o mesmo sistema operacional.

Como são os canais do Telegram

Já que o Telegram possui as mesmas funções do WhatsApp como aplicativo de troca de mensagens de texto áudio e vídeo, os canais do Telegram seriam iguais aos canais do YouTube?

A reposta é não! Os canais do Telegram, são como grupos grandes de uma determinada pessoa ou empresa, cada perfil suporta até 200.000 membros e funcionam como um meio de comunicação entre o dono do canal e suas publicações, que podem ser encontradas em toda rede, ou somente um compartilhamento pessoal de conteúdos próprios como vídeos do YouTube, páginas de notícias, além de outras informações onde os seus seguidores podem interagir, e se informar sem o risco de cair nas Fake News que circulam na rede sobre aquele determinado assunto. Por exemplo: em 2020 com a chegada do Auxilio Emergencial, o aplicativo do Caixa Tem disponibilizou um canal no Telegram para que as pessoas tivessem acesso as notícias reais sobre os calendários de recebimento, e outras informações com a garantia de veracidade, assim se alguém deseja obter informações corretas e vindo diretamente da fonte, os canais do Telegram promovem bem, essa segurança para os usuários.

Essa ferramenta também tem sido útil para as lojas trabalharem seu marketing direto com os clientes, é uma forma de enviar promoções e lançamentos a todos que forem inscritos no canal, enquanto que esse tipo de recurso no concorrente WhatsApp só é possível por uma lista de transmissão onde só recebe a mensagem quem estiver com o contato da loja salvo.

Empresas também utilizam o canal do Telegram como forma de comunicação interna com todos os colaboradores, é um jeito rápido, seguro e automático de transmissão de informações.

 

Tendência de crescimento

Com o anuncio do WhatsApp de uma nova política de privacidade é muito provável que nos próximos meses o crescimento de usuários do Telegram cresça. Já que o App de Mark, prometeu que irá restringir a quantidade de mensagens lidas por seus usuários, caso se recusem a aceitar a política de privacidade.

Para quem ainda não sabe o WhatsApp quer sincronizar dados pessoais com os perfis do Facebook e Instagram, a empresa garante que é somente uma forma de melhorar a segurança e informações de uma mesma pessoa entres as três redes sociais, porém, desde seu lançamento o Facebook registra casos de vazamento de informações, principalmente referentes a transações comerciais. No passado o Facebook foi processado por cobrar indevidamente nos cartões de crédito de seus usuários, valores gastos com seus joguinhos online, de onde se estima que possa ter surgido a fortuna da rede social.

Anúncios


E agora com a chegada o WhatsApp pay, existe uma insegurança por quem já conhece essas práticas do Facebook.

O Telegram permanece independente da utilização de outros aplicativos e não tem vínculos com nenhum aplicativo que necessite de informações de cobrança.