As ações da Vale voltaram a ter boa valorização no início do mês e ultrapassaram a casa dos R$ 100, uma das mais valorizadas e uma das poucas com três dígitos na Bola de Valores de São Paulo.

Além da Vale, a Hering teve uma das melhores performances, com quase 70% de valorização.

Aí estão dois exemplos de ações que figuram entre as mais recomendadas pelos investidores.

Além de serem organizações conceituadas, líderes de mercado e antigas, o que pesa nesta indicação é o desempenho que tiveram nas últimas semanas.

Se você quer saber quais ações mais valorizaram nos últimos dias e qual a recomendação das carteiras, se liga neste post que está recheado de informações para você.

Entenda por que a B3 valorizou

Anúncios


Fora as questões políticas, a vacina contra a Covid e o movimento de fusões e aquisições de varejistas, o mercado balançou o noticiário econômico nas últimas semanas.

Aliás, o Ibovespa chegou no patamar de 120 mil pontos. O principal índice de ações da B3 é um indicativo de que o mercado está aquecido.

Por falar nisso, agora em maio é interessante ficar ligado no seguinte: a B3 tem seu índice formado pelo desempenho de empresas importantes.

E para maio, Banco Inter e Locaweb, que tiveram boa valorização, mas que não faziam parte do Ibovespa, agora devem integrar o índice nesta próxima revisão de carteira.

Se estas empresas continuarem com seus papeis ‘numa crescente’, isso pode ter reflexo no Ibovespa na casa dos 120 mil pontos.

Mas há outra evidência quando estes papéis dão sinal de valorização, que é a luz no fim do túnel, motivada pelos números da Covid-19 começaram a cair e as projeções melhores para o restante do ano.

Por fim, é aquela máxima que você já deve ter ouvido falar: quanto menor Brasília gerar notícia, melhor é para o mercado financeiro. E ponto final!

Saiba quais as ações que mais valorizaram em abril

 

Se a gente for falar do mês passado, as ações da Cia Hering (HGTX3), Braskem (BRKM5), Usiminas (USIM5) e CSN (CSNA3) tiveram as maiores altas de abril no Ibovespa.

Os papéis da Hering terminaram abril com alta de 74,33% na casa dos R$ 27. De onde veio esta valorização? Da notícia sobre a fusão com o grupo Soma.

Já a valorização da Brasken, que foi acima de 40%, chegando a mais de 50 cada papel, o motivo foi a negociação da Novonor (antiga Odebrecht) com um fundo dos Emirados Árabes.

A valorização da Usiminas e CSN dispensaria apresentações, pois ambas estão embaladas pelo momento do setor de siderurgia, cuja demanda está acelerada.

Não dá para deixar de fora os papéis do Pão de Açúcar, que tiveram valorização de 22% em abril, chegando a R$ 40. O que motivou foi a notícia de que seu controlador, o francês Casino, prepara aumento de capital da Cdiscount, uma subsidiária da Cnova, onde o Casino já tem 34% do capital social.

Mas não paramos por aí. Não foram apenas estas que chamaram a atenção pela valorização. B2W, Gol, CVC e Embraer também tiveram alta valorização.

Isso pode ser o reflexo do turismo que começou a andar, que também mostra que um novo momento pode estar iniciando, o pós-pandemia.

Veja quais ações tiveram maior valorização no ano

 

Desempenho passado não é indicativo de bom desempenho futuro, entretanto, sempre é bom dar uma analisada no panorama geral.

Para você ter ideia, de março de 2020 até março de 2021, nenhuma das empresas que mais valorizaram neste ano tiveram expressiva valorização de março a março na B3.

A Taurus Armas teve valorização de 890% neste último ano. A vice-líder nesta corrida foi a Locaweb, com 874%. Depois aparecem PetroRio e Eternit.

 

Saiba quais as ações recomendadas para maio

Empresas de investimentos sempre divulgam sua carteira recomendada. A líder das recomendações para maio é a Vale e a B3 também aparece na maioria das listas.

Estas carteiras recomendadas são usadas como parâmetro por investidores ou pelos iniciantes.

Confira 5 carteiras recomendadas e tire suas próprias conclusões:

Genial Investimentos: Aliansce Sonae, Bradesco, BTG, Gerdau, Itaú, Quero-quero, Neogrid, PetroRio, Localiza e Weg.

Nova Futura Investimentos: Bradesco, BTG, CSN, CCR, Cyrela, Iguatemi, Localiza, PetroRio, Vale e Via Varejo.

Safra: Assaí, Bradesco, CCR, BTG, B3, Gerdau, Renner, Petrobras, Vale, Via Varejo.

Toro Investimentos: BTG, B2W, D’Or, Sabesp e Vale.

XP Investimentos: Assaí, B3, Bradesco, Marfrig, NotreDame, Localiza, Klabin, Tenda, Vale e Americanas.