A expectativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) é das melhores.

Depois de um ano como 2020 foi para a economia, a projeção do PIB mostra que 2021, finalmente, será um bom ano. Ou tende a ser um bom ano!

Se em 10 anos o PIB do Brasil caiu 5,5%, agora, neste ano, quase que por milagre, o PIB deve chegar perto desta retomada.

A estimativa é do Banco Central, que divulga relatórios periodicamente, o que dá o norte para a economia do país.

No primeiro trimestre o PIB cresceu 1,2%. E isso é muito positivo, pois a projeção do PIB daqui pra frente se soma a este 1,2% e traz mais ânimo ao mercado.

Como o PIB é o indicador que mede o desempenho da nossa economia, saber que a projeção para o ano todo subiu de 3,96% para 4,36%, mostra que o restante do ano será bem melhor do que o início.

Afinal, qual o reflexo do aumento do PIB na economia e, principalmente, em relação às altas taxas de desempregados?

É o que vamos te contar neste post. Confira todas as implicâncias que tem relação com o PIB e como seu crescimento é importante para a economia do Brasil. E para o seu bolso também!

Veja por que o aumento do PIB traz expectativa

O PIB é o indicador que mede o desempenho da economia do país.

Em 2021 aumentou de 3,96% para 4,36%.

Para 2022, a projeção avançou de 2,25% para 2,31%, depois de duas diminuições consecutivas.

Anúncios


As estimativas estão no Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central.

Este relatório traz as expectativas do mercado para os principais indicadores econômicos do país.

E quando a expectativa é positiva, acaba gerando uma bola de neve que, na prática, gera mais fatores positivos ainda.

Da mesma forma, quando a expectativa é negativa, gera medo no mercado e isso leva a retração, fazendo o índice ser ainda pior.

Saiba quanto foi o crescimento do PIB neste trimestre

O PIB cresceu 1,2% no primeiro trimestre de 2021.

Esta comparação é feita em relação aos três meses imediatamente anteriores.

Em números, isso significa R$ 2 trilhões, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já em relação ao primeiro trimestre de 2020, o aumento também foi positivo, mas de 1%.

E sabe qual a boa notícia sobre isso? A outra boa notícia, melhor dizendo.

É que os resultados vieram muito acima das expectativas do mercado. E isso vai trazer reflexos ainda melhores.

Por falar em notícia boa, o Bacen também destacou o dólar neste relatório.

A expectativa do mercado para o dólar no fim de 2021 ficou em R$ 5,30.

Esta é a terceira manutenção consecutiva.

A projeção para a moeda em 2022 também permaneceu em R$ 5,30, segunda permanência seguida.

E isso significa que o real, se não ganha força frente ao dólar, pelo menos, para de ser desvalorizado.

Entenda o que é o PIB e sua importância

Falamos, falamos e falamos do PIB e talvez você ainda seja leigo no assunto e não saiba em que isso vai impactar a sua vida.

Afinal, o que é PIB e por que ele é importante?

O Produto Interno Bruto (PIB) mede a atividade econômica do país.

É a soma de todas as riquezas produzidas.

Isso significa que quando o PIB cresce é sinal de que a economia está melhor.

Pode não estar indo de vento em popa, afinal, ainda estamos em plena pandemia e com baixas taxas de vacinação contra a Covid, mas é uma luz no fim do túnel.

Como o ano passado a pandemia assustou, como o fique em casa freou a indústria e o comércio, o PIB foi negativo.

E onde isso impactou no seu bolso?

PIB negativo é sinal de que a renda das empresas está menor.

Com isso, teremos menos empregos e salários em queda. Não foi isso que ocorreu em 2021? Pois é, o PIB foi negativo.

Quando a projeção do PIB é positiva e este aumento é considerável, como é o caso de agora, temos duas boas notícias.

A primeira é que o PIB é o reflexo da economia. Ele é o espelho, ou seja, ele prova e comprova que as coisas estão indo bem.

Mas a projeção para o futuro, se for de crescimento no PIB, é sinal de que haverá mais avanços, mais empregos, melhores salários e mais dinheiro circulando na economia.