O veganismo é um estilo de vida que busca alinhar o nosso ser com a natureza, respeitando principalmente a vida animal e qualquer tipo de crueldade a esses seres que são muito explorados para benefício dos homens.

Paras os veganos essa exploração é a principal forma de contaminação do meio ambiente e do corpo, que sofre os efeitos de consumir proteína animal em demasia. além da filosofia a substituição da carne animal pela carne vegana tem ajudado o bolso do brasileiro.

Por que  se chama carne vegana?

Para quem já está habituado a uma alimentação vegana a bastante tempo, ter no prato algo que se pareça com uma carne, não faz muita diferença, mas para aqueles que estão em transição ou querem começar esse novo estilo de vida, essa nomenclatura dada aos vegetais que se pareçam com uma proteína animal é importante para a adaptação.

Alimentos que se transformam em carne vegana

Algumas delas são conhecidas dessa forma pela quantidade considerável de proteínas e pela textura que se parece com a proteína animal podendo ser dos tipos: carnes vermelhas, aves ou peixes.

Soja– o grão da soja é arredondado, quando transformado em PVT (proteína texturizada de soja) ela se transforma em um produto que fica parecido com uma carne moída. A partir da soja é feito o queijo Tofu e outros derivados que substituem o leite.

Carne de caju- depois de retirado todo o líquido do caju, ele deixa uma biomassa que pode ser usada para fazer carne vegana, a textura se parece com uma carne desfiada, e dependendo dos temperos usados você pode usar como uma proteína desfiada semelhante a bovina ou ao frango.

Carne de glúten- também é conhecido como carne de Seitan, é um produto extraído da farinha de trigo. Para conseguir chegar no Seitan, basta colocar 1 kg de farinha de trigo em uma peneira e lavar em água corrente até sair todo o liquido branco que é o amido do trigo. O que sobra é exatamente o glúten. Para virar um produto que se assemelha a um bife bovino cozinhe por 5 minutos em uma solução com água e molho shoyo. Confira uma receita que deixaremos no final da postagem.

Carne de jaca- a textura tem uma aparência semelhante à do caju, só que a polpa da fruta precisar ser cozida na panela de pressão. Basta cozinhar com água por 15 minutos após a panela começar a evaporação, em seguida pode cozinhar com os ingredientes que preferir assim como faz com uma carne ou frango.

 

Receitas com carnes veganas

 

Almôndegas vegana de bolacha água e sal

Anúncios


Ingredientes

260g de bolacha água e sal quebradas

1 cebola média picada

2 dentes de alho grandes picados

½ xícara de chá de salsinha ou coentro

2 tomates picados

½ xícara de azeite ou manteiga ghee vegana

250 ml de molho ou extrato de tomate

Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer

Reserve o molho de tomate em uma panela, bata os outros ingredientes num processador ou liquidificador até pegar uma consistência que dê para modelar as bolinhas, não precisa virar uma massa homogênea, os legumes podem ser percebidos assim como nas almôndegas originais. Pré aqueça o molho de tomate e coloque as almôndegas, deixe cozinhando em fogo médio por 6 a 8 minutos, sirva como preferir.

Escondidinho vegano de carne de caju

Ingredientes

Purê

5 batatas inglesas cozidas

1 colher de sopa de azeite

150ml de creme de leite de soja

Sal e pimenta a gosto

Recheio

200g do bagaço do caju

1 cebola média picada

1 colher sopa de azeite extra virgem

½ pimentão amarelo picado

½ pimentão vermelho picado

¼ de xícara de chá de azeitona picada

¼ de xícara de chá de salsinha ou coentro

Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer

Para o purê: amasse as batatas e passe num processador ou liquidificador com o creme de leite vegano, azeite, sal e pimenta, até virar um purê.

Para o recheio: refogue no azeite a cebola até dourar, em seguida acrescente os outros ingredientes e continue refogando por alguns minutos.

Depois coloque o recheio em um refratário de vidro, e cubra com o purê.

Estrogonofe de Glúten

Ingredientes

1kg de farinha de trigo

1 xícara de chá de molho shoyo

½ cebola picada

1 colher de sopa de azeite

1 dente de alho grande picado

¼ de uma xícara de chá de cogumelo tipo champignon

1 caixa de creme de leite vegano

Modo de fazer

Para obter o glúten você precisa colocar a farinha de trigo em uma peneira fina para a massa não cair. Lave a farinha de trigo embaixo da torneira da pia. Você vai ver uma água branca indo embora, e o volume da farinha diminuindo, quando o amido sair completamente, só vai sobrar o glúten que parece uma massa de pão.

Corte em forma de tirinha e coloque para cozinhar numa panela em fogo baixo junto com 1 xícara de shoyo e 2 xícaras de água. Deixe por 8 minutos ou até que tenha reduzido uns 20% da água.

Depois de cozida no shoyo, refogue o alho e a cebola no azeite e em seguida coloque os cogumelos e o glúten, reduza por 2 minutos e adicione o creme de leite vegano.