Pensando em trocar de carro, ou adquirir um veículo novo, mas está em dúvida qual a melhor opção entre consórcio, empréstimo e financiamento? Conheça as vantagens e desvantagens de cada um e escolha o melhor caminho para você.

 

Conheça as vantagens e desvantagens do consórcio

O consórcio sem dúvida, é o melhor caminho para quem quer pagar menos juros. Quando você faz um consórcio, um grupo de pessoas faz aportes mensais, e a cada mês um dos participantes é contemplado com o valor total do contrato. Por isso o consórcio não tem cobrança de juros, mas apenas cobrança de taxa de administração da instituição que o está oferecendo. Por isso o consórcio é a melhor opção para você pagar menos, e essa, sem dúvida, é a maior vantagem do consórcio.

Por outro lado, quando você faz um consórcio, você depende de ser sorteado para receber o valor. Nessa hora talvez você tenha que contar um pouco com a sorte. Lembre-se que você pode ser o primeiro ou o último a ser contemplado. Por isso o consórcio vale a pena para quem não tem pressa e pode esperar esse prazo. Saiba que existem formas de antecipar o recebimento do valor total fazendo aportes maiores que funcionam como um leilão. Ou seja, em um determinado mês você faz um aporte de um valor adicional a sua parcela, e caso nenhum outro participante tenha feito um lance maior, você é automaticamente comtemplado com o valor contratado. Essa pode ser uma boa forma de antecipar o sorteio e receber o valor total, mantendo o valor das parcelas restantes competitivo. Lembre-se que para isso, você terá que ter uma reserva para conseguir fazer o lance.

Então, de modo geral, se você não tem tanta urgência, o consórcio pode ser um bom caminho para pagar menos na compra do seu veículo novo. E você pode aumentar as suas chances de antecipar o recebimento do valor através dos lances.

 

Conheça as vantagens e desvantagens do financiamento

O financiamento é uma das formas mais comuns de aquisição de veículos no Brasil.

A vantagem do financiamento é que você recebe o valor total para realizar a compra do veículo pretendido. Além disso o financiamento não tem um valor pré-estipulado, com isso você pode utilizá-lo para adquirir o veículo que desejar. Outra vantagem do financiamento, é que você pode contratá-lo em até 60 meses, reduzindo bastante o valor das parcelas.

No entanto sobre o valor financiado você terá incisão de juros. Por isso é importantíssimo avaliar as condições oferecidas pelo banco ou instituição financeira que irão realizar o financiamento. Pesquise e busque sempre as menores taxas de juros, pois elas podem impactar bastante no valor total do veículo adquirido.

No financiamento também pode ser necessário o pagamento de uma entrada, com isso você precisará ter uma reserva de dinheiro para que possa realizar o pagamento inicial.

Dessa forma, o financiamento te dá flexibilidade de adquirir o veículo que deseja de forma imediata com longo prazo de pagamento, porém com uma maior taxa de juros. Lembre-se que ao contrário de imóveis, os veículos tendem a ter uma desvalorização rápida. Dessa forma veja o quanto você irá pagar no valor total pelo financiamento e quanto o veículo estará valendo ao término do prazo do seu contrato.

Anúncios


 

Conheça as vantagens e desvantagens de fazer um empréstimo

O empréstimo é uma forma de crédito liberada de forma mais simples pelos bancos e instituições financeiras. Em geral o empréstimo não exige pagamento de uma entrada, e o dinheiro é liberado de forma imediata para o cliente. O empréstimo pode parecer a forma mais simples e rápida para ter crédito aprovado e o dinheiro liberado para aquisição do veículo.

No entanto, o empréstimo tende a ser a forma mais cara de crédito para esse objetivo. Fique de olho na taxa de juros cobrada, além das demais condições impostas pelo banco. Em geral, os bancos concedem empréstimos, associados à contratação de serviços que podem gerar algumas taxas extras na sua conta. Por isso avalie bem todas as condições antes de tomar uma decisão.

 

Então afinal, o que levar em conta para decidir a melhor opção?

Em geral você precisa considerar três questões:

  • Veja se você pode esperar e se planejar melhor, ou se tem a necessidade de realizar a compra do veículo de forma imediata
  • avalie as taxas de juros cobradas em cada opção, e todas as tarifas adicionais incluídas no contrato
  • avalie se você tem a possibilidade de dar uma entrada no início da negociação

Esses três fatores são decisivos para definir o melhor caminho para você. Lembre-se, no entanto, que antes de tomar uma decisão é fundamental avaliar bem as suas possibilidades para não correr o risco de se comprometer com valores e depois apertar o seu planejamento financeiro mensal.