Começando uma coleção de moedas para crianças

A melhor época para moldar uma criança é quando ela ainda é jovem. Ao envolver as mentes curiosas em algo educacional, há uma boa chance de que eles se tornem adultos responsáveis.
Alguns pais podem começar ensinando a cozinhar ou assar em uma idade jovem. Se a criança gosta e se dá bem com ela, então, talvez no futuro, essa pessoa possa se tornar uma chef. Dar a uma criança um hobby também pode ensinar essa criança a manter o foco ou a prestar atenção especial a determinado assunto. Um bom exemplo disso é começar uma coleção de moedas.

Para a maioria dos adultos, as moedas são apenas dinheiro em caixa. Eles são usados ​​para comprar um jornal ou usado para pagar um passeio no metrô, etc Para as crianças, as moedas são mais do que isso. Algumas crianças guardam as moedas colocadas em seu cofrinho para fazer uma compra especial ou guardá-las para usar nas aulas da faculdade.

Para iniciar uma coleção de moedas, o pai e a criança podem começar abrindo o cofrinho e examinando as moedas juntas. As moedas foram fabricadas durante anos diferentes e cada uma tem sua própria história. Ao explicar o significado de cada um, o interesse da criança crescerá e isso, por sua vez, estimulará o crescimento da coleção de moedas.

Tanto o pai quanto a criança podem ter sorte se descobrirem que uma moeda está faltando letras ou números ou se um erro de impressão é visto na moeda. Como essas coisas não acontecem com frequência, o valor da moeda é muito maior do que o valor nominal original.
Moedas que podem fazer parte de uma coleção devem ser mantidas dentro de uma pequena caixa separada das moedas usadas para a poupança. Quando esta coleção cresceu, é hora de comprar uma pasta de plástico para guardar as moedas. Existem dois tipos ou pastas atualmente no mercado: o primeiro pode conter as moedas individualmente e o outro é uma folha que pode conter um número de moedas por página.

Ao usar pastas, a criança e levar a coleção à escola para “mostrar e contar” e melhoraria a autoconfiança da criança em conseguir algo por conta própria – sem a ajuda dos pais.
As moedas podem ensinar a criança a economizar para uma compra ou projeto especial e incentivar a criança a trabalhar duro para atingir essa meta sem sempre pedir dinheiro da mãe ou do pai.
A coleta de moedas iniciada nos primeiros anos será compensada mais tarde na vida por ensinar responsabilidade.

Publicado por: Equipe