buscando cartão
site seguro

Como o aumento da Selic impacta no seu bolso

Aumento da taxa de juros visa conter a inflação, mas pode impactar no valor dos seus empréstimos, na geração de emprego e até nos investimentos

Atualizado em outubro 5, 2021 | Autor: Michelle
Como o aumento da Selic impacta no seu bolso

A taxa Selic, ou taxa de juros, é um indicador definido pelo Banco Central utilizado para balizar o custo de empréstimos no Brasil. No entanto, o resultado disso é muito mais amplo e também tem ligação direta com a inflação e a atividade econômica como um todo.

Como a Selic impacta no custo dos empréstimos?

A taxa Selic é o principal indicador de juros do país. Basicamente quanto maior a taxa Selic, maior o juro aplicado sobre qualquer tipo de empréstimo feito pelos bancos.

Anúncios


Dessa forma, o aumento da taxa de juros deixa o custo do crédito maior.

Em 2020 a taxa de juros chegou no seu menor patamar histórico. Com isso, fazer um empréstimo se tornou mais barato. Em 2021 o Banco Central decidiu aumentar a taxa Selic nas últimas três reuniões, chegando, nesse momento, a 4,25% e com projeções de que até o final do ano a taxa aumente ainda mais, devendo chegar a 5,75%.

Com isso, fazer empréstimos começa a se tornar mais caro novamente.

Anúncios


Por isso é importante ficar atento às ofertas de crédito. Mesmo que o valor da parcela caiba no seu bolso, saiba que os juros que você estará pagando podem comprometer bastante seu orçamento.

Como a Selic impacta na inflação?

A taxa Selic também tem impacto direto na inflação. Isso porque quando a taxa de juros está baixa, os empréstimos se tornam mais baratos, e com isso o consumo tende a aumentar. Quando há aumento do consumo, acaba ocorrendo também aumento de preço. É a conhecida relação oferta e demanda. Quanto mais gente comprando um produto, mais caro ele tende a ficar.

O contrário também é verdade. Quando a taxa de juros aumenta, como é o caso no momento, os empréstimos se tornam mais caros, as pessoas começam a consumir menos, e por conseguinte há uma contenção da inflação. Por isso a taxa de juros é usada pelo Banco Central com o objetivo de controlar a inflação.

No início de 2021 a inflação teve um aumento significativo, com isso o Banco Central aumentou a taxa de juros nas últimas 3 reuniões do Copom com o objetivo de conter a inflação.

Para o consumidor isso tem um impacto positivo, visto que tende a reduzir a alta de preços vista no último ano. Por isso pode ser uma boa forma para você economizar. Observe os preços de mercado e faça escolhas inteligentes para poupar e ver seu dinheiro render mais no fim do mês.

Como a Selic impacta na atividade econômica e no emprego?

Parece difícil entender, mas na economia está tudo ligado. Ou seja, com o recente aumento da taxa Selic, o objetivo é conter a inflação. No entanto, o aumento da taxa Selic torna os empréstimos, tanto para o consumidor como para as empresas, mais caros, e isso impacta diretamente no consumo. Se há menos consumo, há redução da atividade econômica geral, o que pode acabar impactando na produção das empresas e diretamente na geração de emprego.

É por isso que esse indicador é tão importante para o país, pois ele não só faz a roda girar, mas determina a que velocidade.

Por isso é importante saber como a política econômica influência sim no seu dia a dia.

Como a Selic impacta nos investimentos?

Da mesma forma que a taxa Selic impacta no custo dos empréstimos, ela também tem influência direta no rendimento de investimentos como a poupança e a renda fixa.

Nesse caso o aumento da taxa Selic tende a beneficiar o rendimento do seu dinheiro.

Por isso, se você tem uma reserva, saiba que o momento começa a se tornar propício novamente para investir.

Avalie bem as possibilidades de investir e faca seu dinheiro render mais.