Veja como preparar seu e-commerce para o Black Friday

Veja 5 dicas para preparar sua loja para o Black Friday

Atualizado em novembro 5, 2021 | Autor: Michelle Verginassi
Veja como preparar seu e-commerce para o Black Friday

Quando o Black Friday se aproxima há uma certa histeria por parte dos consumidores. Veja como preparar seu e-commerce para o Black Friday.
Na internet ou na imprensa, muitas reportagens e dicas para o consumidor se preparar para a data.
Mas, e para o comerciante, para quem tem um comércio varejista ou mesmo um e-commerce, qual seria a dica?
O Brasil é o país do empreendedorismo, tanto é que o número de MEIs aumentou consideravelmente na pandemia.
E como há muitos marinheiros de primeira viagem, certamente uma das dúvidas é: entrar na Black Friday vale a pena?
Foi pensando nisso que preparamos este post. Veja como preparar seu e-commerce para o Black Friday.
Saiba como preparar sua lojinha para vender muito na Sexta-Feira Negra, que, neste ano, será dia 26 de novembro.

Entenda a importância da Black Friday para o comércio

Como consumidor, certamente você já sabe a importância da Black Friday. Veja como preparar seu e-commerce para o Black Friday.
Mas, e como comerciante ou como um empreendedor que passou a vender produtos pela internet, você tem noção do que seja ou do que fazer?
A Black Friday tem essa pegada justamente para ajudar a melhorar as vendas.
Tanto é que a origem da data, nos EUA, remonta a isso.
Não há registros oficiais a respeito, mas a história conta que os comerciantes estavam tendo desempenho ruim nas vendas.
Foi então que decidiram oferecer descontos maiores para atrair mais clientes.
Foi uma forma de chamar a atenção da clientela e melhorar as vendas, pois a data é imediatamente após o Dia de Ação de Graças, muito popular por lá.

Saiba como é a Black Friday no Brasil

No Brasil, a partir de 2010, também se tornou um data muito esperada não só pelos consumidores, mas também pelos comerciantes.
Em 2020, foram R$ 5,1 bilhões em faturamento, o que representa um aumento de 31% contra 2019.
Os segmentos de produtos com maior procura foram eletros, celulares, eletrônicos, informática e móveis.
Então, neste post, vamos trazer dicas para você se preparar para vender mais no seu e-commerce.
Acompanhe nossas dicas para tirar bom proveito da Black Friday.

Você sabe como se preparar para a Black Friday no Brasil?

O Brasil registrou 2,6 milhões de novos Microempreendedores Individuais (MEIs) em 2020.
Foi a maior adesão dos últimos cinco anos, segundo pesquisa do Sebrae com dados da Receita Federal.
Nos primeiros quatro meses do ano foram mais de 1,4 milhão de novos CNPJs, boa parte deles microempreendedores.
Com mais empreendedores no mercado, muitos se preparam para a primeira Black Friday.
Mas, o que fazer? Como participar da Black Friday?
Bem, em primeiro lugar, saber a data é importante, para se programar.
A edição de 2021, que será a 12ª realizada no Brasil, acontece no dia 26 de novembro.
Com isso, o primeiro passo é se informar sobre a data e como participar e como lançar promoções para aumentar suas vendas.

Veja o que fazer para preparar seu e-commerce para a Black Friday

A Black Friday é uma data com grande significado para o comércio, pois é aguardada pelos consumidores com ansiedade.
Desta forma, é uma boa oportunidade de você criar a promoção do seu e-commerce e aumentar as vendas, se preparando para ter um Natal mais gordinho.
Antes de tudo, você precisa analisar alguns pontos, como ter segurança online e investir em sistema antifraude e infraestrutura para a data.
Depois disso, é interessante você definir um posicionamento para seu e-commerce, por menor que ele seja.
Sabendo se posicionar, você vai atrair mais pessoas com probabilidade de fazer compras, de se tornarem clientes.
Sem contar que isso evita perda de tempo com “curiosos”, que não se tornarão clientes.

Confira 4 dicas de como se preparar para a Black Friday

A Black Friday movimenta muito dinheiro e você não pode perder a chance de melhorar as vendas do seu negócio.
Além disso, é uma boa oportunidade de reduzir estoque e aumentar a receita, se preparando para os gastos extras de fim de ano.
Para isso acontecer, vamos te passar algumas dicas valiosas para seu e-commerce.

1º passo – Analise a concorrência

Em primeiro lugar, você precisa saber como a concorrência está se preparando para a Black Friday.
Esta análise é importante, não tanto para ver os preços do concorrente, mas para se inspirar.
Esta é uma forma de você não criar promoções que sejam descoladas da realidade.
Em virtude disso, é importante que você faça uma pesquisa sobre a concorrência, seus preços e promoções, caso já tenham sido divulgadas.
Mas, um ponto importante a ser frisado: não saia por aí copiando o trabalho da concorrência.
Apenas “tire uma febre” do que está sendo feito para, então, você preparar a sua estratégia.

2º passo – Ter campanha e promoções reais

Em segundo lugar, você precisa saber que os descontos precisam ser bons.
Para atrair a atenção do cliente, você precisa ter um preço bom. Mas, não é só isso que importa.
Antes disso, você precisa pensar em como comunicar as promoções da sua Black Friday.
É preciso analisar para ver como atingir o seu cliente, como chegar até ele e como impactá-lo.
Esta divulgação pode ser feita pelas redes sociais, onde o custo é mais baixo.
Por fim, se você puder ir preparando seus clientes, criando a curiosidade sobre a Black Friday, isso pode se converter em vendas depois.
Lembre-se sempre que, nesta época, o consumidor é bombardeado por promoções, então, você precisa destacar o seu e-commerce dos demais.

3º passo – preze pelo bom atendimento

A Black Friday no e-commerce não deve ser apenas uma oportunidade para alavancar os lucros.
É um momento de atrair e conquistar novos clientes.
E, agora, o ponto chave para fazer bons negócios: atendimento.
De nada adianta você ter promoção, impactar o cliente, fazer suas promoções chegar até ele, se você não puder atendê-lo bem.
O atendimento é a chave para fechar vendas sem parar.
Mesmo que você faça vendas online, oferecer uma opção de atendimento humanizado é essencial.
Esta forma de atendimento para tirar dúvidas e resolver os problemas dos clientes é muito importante.

4º passo – Pós-venda e relacionamento com o cliente

De nada adianta a sua campanha de divulgação chegar no cliente e ele comprar, se você não puder entregar ou manter este cliente.
Nesta época, vários varejistas oferecem produtos e descontos semelhantes, o atendimento se torna um grande diferencial.
Mas, além do produto, da promoção e do atendimento, você precisa de mais.
Você precisa ter estoque e ter infraestrutura para o produto chegar ao cliente.
Então, só anuncie o que você tiver em estoque.
De que adianta efetuar uma venda se o produto não estiver no estoque.
Pois pode haver imprevisto para você tê-lo em mãos para despachar ao cliente?
Esta é, certamente, uma venda que será desfeita.
Em lojas virtuais a atenção com a quantidade de produtos em estoque precisa ser total na Black Friday.
Então, em resumo, é melhor você ter estoque sobrando, do que ficar sem os produtos a pronta entrega.
Desse modo, você garante a permanência do cliente e uma boa experiência de compra para todos.
Por fim, agora que você já sabe como preparar seu e-commerce para a Black Friday, não perca mais tempo.
Afinal, o tempo passa rápido e a data já está se aproximando.
Aproveite a data para fazer boas vendas e salvar as contas do final do ano.