O feriadão de Páscoa será na semana que vem e já na semana seguinte tem novo feriadão, o de Tiradentes.
Além dos feriados, você tem outra boa notícia para comemorar: a Caixa Federal vai liberar o saque extraordinário do FGTS.
O calendário de saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) já está pronto.
Então, você pode consultar agora mesmo para ver se vai ter direito ou não a este benefício.
A Caixa Econômica Federal anunciou que esta nova rodada de saque do FGTS vai permitir que cada um faça saques de até R$ 1 mil.
E o calendário de pagamentos começa no dia 20 de abril, na semana seguinte à Páscoa.
Quer ver como funciona o saque extraordinário do FTGS e a quanto você tem direito, confira este post.

Veja como sacar até R$ 1 mil do FGTS após a Páscoa

O prazo para esta rodada de saques do FGTS será de dois meses.
Você poderá fazer saques no seu FGTS de 20 de abril até 15 de junho, sempre em quartas e sábados, conforme a data do seu aniversário.
Então, quem nasceu nos primeiros meses do ano terá a possibilidade de retirada do saldo mais cedo.
Se você nasceu em janeiro, por exemplo, poderá sacar o dinheiro do FGTS já neste próximo dia 20 de abril.
Desta forma, isso é garantia de dinheiro no bolso logo após a Páscoa.
Por outro lado, se o mês do seu nascimento é de outubro a dezembro, a data para retirada do saldo do FGTS será em junho.

Veja como vai funcionar o saque do FGTS

A Caixa Federal informou que, apesar do calendário prever saques em quartas e sábados, haverá uma folga em determinadas semanas.
Este intervalo de 10 dias entre uma liberação e outra se deve aos feriados existentes em abril e maio.
Por este motivo, a Caixa explicou em nota que no feriado de Tiradentes e o Dia do Trabalhador, como são feriados, será possível acessar ao saque de outra forma.
Sendo assim, o banco informou que você pode solicitar o dinheiro nestes feriados através do FGTS Digital.
Esta plataforma é um sistema criado neste ano pela Caixa para facilitar a vida de quem precisa usar a quantia.

Confira o calendário do saque do FGTS

A Caixa Econômica Federal estima que  mais de 42 milhões de pessoas podem ter acesso ao dinheiro.
Entretanto, se você está em dúvida sobre o calendário do saque extraordinário do FGTS, confira as datas abaixo.
São 12 datas de depósito, em quartas e sábados, de 20 de abril a 15 de junho, com exceções dos feriados nacionais no período de abril a junho.
Então, confira o calendário para ver a data em que a grana vai estar disponível para você.
Vale ressaltar que para isso você precisa levar em consideração o mês do seu nascimento.
Confira o calendário do saque do FGTS

Mês de nascimento Data de depósito
Janeiro 20 de abril (quarta)
Fevereiro 30 de abril (sábado)
Março  4 de maio (quarta)
Abril 11 de maio (quarta)
Maio 14 de maio (sábado)
Junho 18 de maio (quarta)
Julho 21 de maio (sábado)
Agosto 25 de maio (quarta)
Setembro 28 de maio (sábado)
Outubro 1º de junho (quarta)
Novembro 8 de junho (quarta)
Dezembro 15 de junho (quarta)

Saiba quem pode receber até R$ 1 mil do FGTS

De acordo com o Governo Federal para ter direito ao FGTS extraordinário você precisa ter dinheiro na conta do FGTS.
Além disso, este saldo não pode estar bloqueado.
Mas, atenção, se você não sabe como está a sua situação, você mesmo pode verificar, através do app oficial do programa, o fgts.gov.br.
Uma das vantagens deste saque liberado pela Caixa é que o valor estará disponível de forma livre, ou seja, você pode usá-lo para qualquer finalidade.
Por sua vez, o Ministério do Trabalho disse que a lógica de pagamentos obedecerá ao ritmo de sua saída das empresas.
Ou seja, o FGTS vai liberar antes a grana referente a empresas mais antigas onde você trabalhou.
O Governo Federal adiantou que o valor será depositado automaticamente na sua conta caso você tiver direito ao benefício.
Em outras palavras, nenhuma pessoa precisa fazer cadastro, basta apenas ter direito para ver a grana caindo na sua conta cadastrada.

Veja o que fazer se você não quer o dinheiro

Das mais de 40 milhões de pessoas que têm direito ao benefício, talvez nem todas elas queiram sacar o valor do FGTS.
Para estes casos, se você não quer mexer no seu dinheiro poderá informar ao governo que você prefere que ela fique na conta.
Sendo assim, basta não movimentar a quantia até dia 15 de dezembro no Caixa Tem, que o valor será devolvido novamente para a conta do FGTS.
E se você preferir sacar, não se preocupe que é bem fácil. O saque será totalmente digital pelo app Caixa Tem.
O saque extraordinário do FGTS faz parte de um pacote do governo federal para estimular a economia do país.
Além do saque do fundo, o governo também adotou outras medidas, como liberação de crédito consignado para quem tem Auxílio Brasil, microcrédito para MEIs e antecipação do 13º para beneficiários do INSS.

Saiba o passo a passo para consultar seu saldo do FGTS

Se você está em dúvida sobre o saldo do FGTS não tem problema, a gente vai te dar o passo a passo de forma simples.
Em primeiro lugar, abra o app e clique em “FGTS desejo usar caixa.gov.br”, informe seu CPF, a senha e preencha ou cadastre uma conta bancária.
O saldo do FGTS da última empresa na qual você trabalhou ou da empresa atual vão aparecer no topo da tela.
E se você quiser arquivar tudo, basta clicar em ‘gerar extrato PDF’ e salvar as informações no seu notebook ou celular.