CVV do Cartão: cuide desse número!

O código que fica atrás do seu cartão de crédito pode ser a porta de entrada para golpes e roubos. Fique ligado e entenda o porquê você deve guardar esse número para você!

Atualizado em dezembro 6, 2021 | Autor: Michelle Verginassi
CVV do Cartão: cuide desse número!

O cartão de crédito é uma das opções de pagamento mais utilizadas pelos brasileiros, principalmente pelo fato de poder proporcionar praticidade e facilidade em relação à vida financeira. Com o avanço das tecnologias e a ascensão dos aplicativos de celular, inclusive os de compra, foi possível realizar diversas atividades presenciais de forma adaptada para o mundo virtual.
Um dos fatores que guinou esse crescimento com certeza foi a pandemia do coronavírus, que obrigou, de uma forma ou de outra, o isolamento social. Dessa forma, nada de ir ao shopping passear e encher o carrinho, né? Essa atividade teve também que migrar para o meio digital.
Ou seja, com todos esses acontecimentos, é possível acompanhar uma evolução constante dessa ferramenta, tanto por questões tecnológicas como também pela popularidade, já que os cartões de créditos são reconhecidos como um meio mais seguro de efetuar suas compras e também proporcionar benefícios únicos para os seus clientes.

Mas será mesmo?

Apesar do avanço tecnológico, os golpes com cartão de crédito continuam acontecendo. Os criminosos são extremamente criativos e a cada dia surgem novas fraudes nos estabelecimentos físicos e virtuais, então é preciso ter alguns cuidados para evitar ser enganado.
Virtualmente, a prática da clonagem de cartão de crédito pode acontecer por meio de sites ou e-mails falsos. Apesar da conscientização a respeito desse tipo de golpe, através de reportagens de TV ou matérias na internet, eles ainda acontecem com frequência.

O CVV

O CVV é um código de segurança presente no cartão de crédito que é usado na hora de fazer compras ou transações virtuais. Do inglês, CVV significa “Card Verification Value”, que traduzido para o português significa: “Valor de Verificação do Cartão”.
Resumindo, esse é aquele código de 3 dígitos que é geralmente localizado no verso do cartão, também conhecido como Código de Segurança. É a partir desse número que as transações online podem ser finalizadas, tipo uma compra num site com cartão de crédito.
Em alguns cartões de crédito, esse código também pode estar com outro nome. A bandeira Mastercard, por exemplo, utiliza o nome ‘CVC’, e o American Express, utiliza o ‘CID’, por exemplo. Mas o papel do código é o mesmo!

A importância desse código

Como dito acima, esse número é necessário para finalizar compras virtuais. O código precisa ser digitado na hora da compra, e é uma forma de garantir que a pessoa que esteja realizando a transação tenha o cartão em mãos.
Para fazer uma compra online é necessário preencher todos os dados do cartão, certo? Nesse caso, se os detalhes do seu cartão de crédito foram copiados ou se um site em que você fez compras anteriormente foi hackeado e os detalhes do seu cartão de crédito forem roubados, o CVV é um dado adicional, que não é armazenado no site.
Ou seja, se algum golpista tiver o número do seu cartão de crédito, mas não tiver o CVV, a possibilidade de o golpe ser feito é muito menor. Mas, caso ele tenha acesso a esse código, é quase certo que uma compra pode ser feita por outra pessoa que não seja você.

Proteja-se!

Por isso, é muito importante que você não mande esse código para ninguém por meio das redes sociais. Caso algum hacker tenha acesso às suas mensagens ou aos aplicativos que você registrou o seu cartão, e o CVV estiver salvo, é muito mais fácil de um golpe acontecer.
Utilize também a opção de cartão virtual temporário oferecida pela instituição bancária. Essa opção é voltada apenas para compras online, e geralmente é emitido por meio de internet banking ou aplicativo do seu banco. A maioria dos bancos já oferece a vantagem do cartão virtual.
Com essa opção, você pode copiar e colar os dados do cartão ou ainda digitá-los no site onde está realizando a compra, na hora de confirmar o pagamento. Mesmo que o site armazene os dados do seu cartão, esses dados não serão válidos depois de um período.