O uso do Pix já não é uma novidade, mas mesmo assim, muitas pessoas ainda não utilizaram deste recurso, bem como muitos não sabem de todas as suas possibilidades. Entenda:

O que é o Pix

O Banco Central do Brasil criou o pagamento instantâneo que foi batizado de Pix. A ideia era ter um modo de transferência segura, prática e econômica. A ideia deu certo e o sistema financeiro nacional já o vem praticando.

Com este recurso é possível a transferência de dinheiro entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia.

O Pix pode ser feito a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga.

As pessoas talvez não tenham se dado conta, mas o Pix foi um dos maiores avanços no sistema bancário que se viu nas últimas décadas.

Segundo o Banco Central do Brasil, além de o Pix aumentar a velocidade em que pagamentos ou transferências são feitos ou recebidos, o Pix tem o potencial de:

  • alavancar a competitividade e a eficiência do mercado;
  • baixar o custo, aumentar a segurança e aprimorar a experiência dos clientes;
  • incentivar a eletronização do mercado de pagamentos de varejo;
  • promover a inclusão financeira; e
  • preencher uma série de lacunas existentes na cesta de instrumentos de pagamentos disponíveis atualmente à população.

Isso tudo parece ter sido atingido pela estratégia financeira de sua implementação. Para isso basta analisar algumas características do uso do Pix.

Rapidez

As transações bancárias são concluídas em poucos segundos e os recursos financeiros são disponibilizados para o recebedor em tempo real;, ao contrário do que acontece com as outras formas de transferência como TED e DOC, que podem levar horas ou até um dia útil para serem compensadas. A grande vantagem nesse caso é que o PIX se tornou uma forma de pagamento, onde é possível comprar a transação de forma imediata.

Facilidade

O Pix traz uma experiência facilitada para o usuário. Com o advento dos aplicativos bancários para smartphones, a sua utilização é simplificada, não necessitando de inserção de dados bancários ou de dados documentais dos pagadores ou recebedores, bastando a indicação do código Pix que, pode ser o número de celular, endereço de email, CPF ou CNPJ, e que ligado ao sistema financeiro, já lhe aponta todos os dados do recebedor para confirmação da transferência.

Segurança

Os mecanismos de segurança digitais implementados garantem a efetividade das transferências e seu protocolo de aplicação permite conferência imediata das transações, garantindo mais segurança para quem está recebendo.

Versatilidade

O Pix pode ser usado para diferentes tipos de pagamentos, independentemente de serem pessoas físicas, jurídicas ou mesmo órgãos governamentais, independentemente do valor das transações.

Anúncios


Disponibilidade

O Pix é um serviço com disponibilidade contínua, ou seja, ele é acessível 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive domingos e feriados, e ainda conta com a possibilidade de agendamento do pagamento para uma data específica.

Baixo custo

O Pix é um serviço gratuito para pessoa física pagadora e de um custo baixo para pessoas jurídicas, havendo instituições bancárias que oferecem alguns pacotes para empresas em que o Pix deixa de ser tarifado.

Interatividade

Juntamente com o Pix é possível enviar Informações importantes sobre a transferência realizada e sobre a sua destinação, de uma maneira mais completa do que as antigas transferências de depósito identificado.

Amplitude

O Pix não tem limite de valor de transferência, mas ainda pode ser regulado pelos bancos para fins de prevenção a fraudes e lavagem de dinheiro.

Com uma estrutura de ampla participação – possibilitando pagamentos entre usuários e instituições distintas o Pix é um dos mais versáteis recursos implementados no sistema bancário nacional nos últimos anos, com vantagens diretas para pessoas e empresas.