É tanto reajuste no preço da gasolina que dói no bolso toda vez que a gente precisa encher o tanque.

Estas sucessivas altas de preço não nos deixam outra opção senão buscar maneiras alternativas de economizar combustível.

Mas o que posso fazer, então, para economizar?

Já que não dá para fugir do preço, a saída é tentar economizar combustível.

Não há uma fórmula mágica para gastar menos combustível ao rodar com seu carro.

Mas há várias maneiras que fazem pequenas diferenças no marcador de consumo de gasolina ou etanol na hora de dirigir. E estas diferentes formas, acabam contribuindo bastante para gastar menos no posto de combustíveis.

Se é isso que você busca, a saída é colocar em prática as dicas dos especialistas. Neste post, listamos 5 dicas que fazem a diferença:

1 – Manutenção em dia

A dica mais elementar de todas é manter a manutenção em dia de seu veículo.

Para fazer com que o motor consuma menos combustível é fundamental checar constantemente as trocas de óleo, filtros de ar e fazer a verificação, sempre que possível, para a substituição das velas.

2 – Carga, peso e calibragem de pneus

Aumentar a carga de bagagem no seu veículo também contribui para aumento no consumo de combustível.

Não sei se você sabia, mas a calibragem precisa estar de acordo com o peso de seu veículo. Se aumentar a carga, é importante mexer na calibragem dos pneus.

Anúncios


Se não sabe quantas libras você precisa colocar, basta dar uma conferida no manual do veículo ou no canal do fabricante na internet.

Outra dica interessante é evitar deixar objetos, malas ou qualquer coisa pesada que seja desnecessária no interior de seu veículo. Quanto maior a carga, maior o consumo de gasolina ou etanol.

3 – Alinhamento e balanceamento

Outra recomendação é manter o alinhamento e o balanceamento em dia, porque são determinantes para o consumo.

Fazer um alinhamento adequado e no tempo correto também evita o desgaste dos pneus.

Efetuar o balanceamento evita trepidações das rodas e, além de prevenir acidentes, ajuda a melhorar o desempenho do carro, por reduzir o atrito dos pneus em contato com o asfalto, o que reflete no consumo de combustível.

4 – Acelerar, frear e saber a marcha correta

Na hora de dirigir como saber a marcha correta e qual a velocidade ideal para economizar gasolina?

É fato que quanto mais você pisar no acelerador maior será o consumo.

Então fique atento e só troque de marcha após o observar o conta-giros atingir 2.500 rpm.

Se o seu carro for automático – e para fugir do mito de que o custo-benefício destes carros não compensa porque gastam mais do que os de câmbio manual – cuide para ficar abaixo dos 3.000 rpms.

Se você ficar com um olho na estrada e outro no conta-giros, cuidando para não passar muitas vezes dos 3.000 rpms, pode ter certeza que o consumo não vai dar dor de cabeça.

5 – Quanto maior a velocidade, maior o consumo

Por fim, vamos falar do óbvio: a velocidade quanto mais elevada, mais acentuado será o consumo.

Então, procure dirigir sempre em velocidade constante entre 40 km\h e 70 km\h utilizando preferencialmente a quinta marcha. Velocidade muito baixa e muito alta, elevam o consumo.

Mesmo que não seja possível trafegar assim, pois nem sempre o relevo ou o trânsito permitem, cuide da velocidade, isso faz diferença.

Dependendo do veículo, trafegar acima de 90 km/h aumenta bastante o consumo de combustível.

Para se ter ideia, a 110 km/h um carro consome, em média, 25% a mais de combustível do que se estivesse entre 70 a 90 km/h.

5 dicas extras de economia

Se você chegou até aqui é porque gostou do assunto, então, vamos te premiar com mais cinco dicas extras.

São dicas mais simples e fáceis de colocar em prática. Aliás, muitas delas, provavelmente você já leva em conta no dia a dia, mas nem sabia que eram tão importantes.

Vamos lá então:

1- Respeite a troca de marcha de acordo com a velocidade ou as aclividades e declividades do trajeto percorrido;

2- Não acelere quando o carro estiver parado, mesmo no farol (semáforo), inclusive quando estiver desengatado;

3- O uso excessivo do ar condicionado eleva o consumo, então, você já sabe, não use se não for realmente necessário;

4 – Desligue todos os equipamentos eletrônicos, pois é acabam precisando diretamente da força do motor, consumindo mais combustível;

5 – Mantenha uma velocidade constante, evite freadas e aceleradas bruscas, pois isso também ajuda na redução de combustível.