Confira dicas para renegociar o aluguel

Pretende renegociar o aluguel com o proprietário do imóvel? Então confira as dicas que o Alto Tietê Web preparou para você

Escrito em dezembro 4, 2020 | Autor: Michelle
Confira dicas para renegociar o aluguel

O aluguel pode ser uma boa alternativa para quem tem que mudar de cidade com frequência, ou até mesmo para quem não possui condições financeiras para ter uma casa própria.

Entretanto, com o recente aumento na inflação do país, e a crise econômica provocada pelo novo coronavírus, o pagamento do aluguel se tornou um problema para muitas pessoas.

Anúncios


Nesse cenário, a renegociação do aluguel surge como uma boa alternativa para pagar por um valor mais justo, e evitar as temidas dívidas.

Sendo assim, se o preço do aluguel está apertando o seu orçamento, e você pretende se encontrar com o proprietário para fazer uma negociação, então este post vai te ajudar bastante!

Neste post, o Alto Tietê Web reuniu algumas dicas excelentes para que você tenha bons argumentos durante o processo de renegociação, e para que ela seja bem sucedida.

Confira as nossas dicas a seguir!

Embase os seus argumentos

Antes de iniciar o processo de renegociação junto ao proprietário do imóvel que você aluga, é necessário fazer um embasamento a fim de construir um argumento para que renegociação seja favorável a você.

Com isso, não estamos dizendo que os seus motivos pessoais que o levaram a querer renegociar o preço são irrelevantes aqui. Entretanto, seus motivos por si só podem não ser suficientes para que a renegociação seja concluída.

Sendo assim, é importante ter um bom conhecimento sobre a situação atual do mercado imobiliário, além de ter uma noção da situação econômica do país. Afinal de contas, para que seus argumentos sejam convincentes, eles devem ser pautados na realidade.

Para fazer isso, pesquise o valor do aluguem pago no bairro onde você mora. Além disso, também vale pesquisar o preço do aluguel pago nas redondezas. Os sites e aplicativos de imobiliárias podem ser um ótimo meio para embasar a sua pesquisa.

Seu histórico como inquilino pode ser uma vantagem

Se você foi um bom inquilino, que sempre pagou o aluguel conforme o combinado com o proprietário, então você possui uma boa vantagem em mãos para usar durante a renegociação.

Além disso, se você sempre fez tudo para conservar o imóvel, e não causou nenhum tipo de problema ao imóvel, você também tem mais uma carta na manga para usar durante a sua conversa com o proprietário!

Dessa forma, você pode dizer ao proprietário que sempre pagou o seu aluguel em dia e cuidou bem do imóvel, mostrando que é uma pessoa confiável.

Tenha calma e seja respeitoso durante a negociação

No momento da negociação, é preciso manter a calma, sendo paciente e cordial ao expor seus argumentos ao proprietário do imóvel. Afinal de contas, de que vai adiantar perder a paciência ou até mesmo fazer algum tipo de ameaça durante a renegociação?

Um mau comportamento só vai trazer problemas para você, e consequentemente, impedirão que o processo de renegociação tenha bons resultados.

Portanto, se você realmente deseja continuar no imóvel e renegociar o preço do aluguel, então é melhor ficar tranquilo e fazer toda a renegociação de forma cordial.

Não invente desculpas durante a renegociação

Sinceridade e honestidade são indispensáveis durante uma renegociação. Portanto, nada de usar desculpas ou mentiras durante a conversa com o proprietário.

Dessa forma, exponha seus motivos com calma. Por exemplo, se o seu orçamento não é mais o mesmo do início do contrato, ou a alta na inflação está prejudicando o seu orçamento, não deixe de informar ao seu proprietário.

A firmeza e consistência de seus argumentos são essenciais para que a renegociação saia como planejado. Além disso, não deixe de embasar o seu argumento, conforme dito na primeira dica do nosso post.

E se a renegociação não der certo?

Por mais que o seu argumento seja bom, o proprietário pode não aceitar o acordo. Nesses casos, você ainda tem uma alternativa durante a renegociação, que é propor um acordo temporário.

Você pode solicitar que o valor seja alterado por um determinado período de tempo, desde que você acredite que a sua situação financeira possa melhorar dentro do tempo proposto.

Se mesmo assim a sua proposta não for aceita pelo proprietário, talvez seja melhor procurar um novo imóvel para morar.

Como você já fez uma pesquisa de mercado para a renegociação, você terá uma noção dos preços do mercado, e será mais fácil encontrar um novo apartamento dentro do seu orçamento.

Por fim, é importante ler o contrato do aluguel, especialmente se o contrato estiver longe da data de vencimento. Se a multa for muito alta, talvez seja uma boa ideia esperar mais alguns meses até que o contrato vença. Por isso, é necessário fazer uma boa avaliação antes de se decidir.