Quem nunca sonhou em ganhar dinheiro trabalhando de casa?

Com a pandemia, muita gente aproveitou a oportunidade, ou a necessidade por ficar desempregada, e faturou trabalhando em casa mesmo.

Mesmo que você tenha um trabalho formal, sabia que pode fazer um dinheirinho extra para ajudar nas despesas da casa ou para pagar aquele jantar no final de semana?

Que tal começar por aquele quartinho dos fundos que está cheio de parafernálias que nem você sabe direito o que tem naquelas caixas?

‘Bora’ tirar o fim de semana para fazer uma faxina lá e garimpar o que tem de precioso para desapegar e ganhar dinheiro?

Já sei, você não tem um quartinho da bagunça, então deve ter um sotão ou um porão onde vai empurrando as quinquilharias. Tem ou não tem?

Se você tem este espaço na sua casa, fica aí que o assunto é contigo.

Neste post, vamos dar mais duas dicas de como garimpar alguma coisa de valor em casa para vender e faturar uns trocados para ajudar nas despesas.

 

 

Faxina para garimpar o que vender no quartinho dos fundos

 

Anúncios


Se na sua casa ou apartamento não tem um quarto de guardar bugiganga, deve ter um canto de garagem, uma lavanderia, um porão ou um sotão.

Algum lugar destes vai ter, é certo que tem. Se não tem, você não é normal.

Quando resolver fazer uma faxina, a primeira coisa que você vai encontrar nestes locais são livros novos que comprou e sequer leu.

Taí um bom produto para vender. Existem vários sites onde você pode vendê-los, inclusive, se o estado deles é novo ou quase novo, você vai conseguir uma boa grana.

Talvez, quase o mesmo valor que pagou. Se tiver mais do que um, faça um combo. Venda três pelo preço de dois, venda dois pelo preço de um.

Achou cinco livros? Pague dois e ganhe dois de brinde. Você vai faturar o dinheiro da janta, vai limpar esta energia parada e ainda vai sobrar um livro para você criar vergonha nesta cara e ler.

Outra coisa que sempre tem nestes lugares, dentro de caixas, são eletrônicos e eletros.

Se o produto ainda tiver em condições de uso, coloque em um site como o Olx ou Mercado Livre para vender. Se for muito antigo não tem problema, sempre há saudosistas ou colecionadores interessados.

Aposto que vai encontrar duas caixas de ferramentas, porque você comprou uma nova achando que tinha extraviado a caixa antiga.

Mas ela estava lá, perdida no meio da confusão. Estão lá, todas as chaves e parafusos. Pode vender uma e ficar com uma.

Discos de vinil, tocador de discos, aquecedor que você não usa mais, ventilador, mala de viagem, notebooks, são apenas alguns exemplos.

 

Bazar com roupas usadas

Organizadas as coisas no quartinho dos fundos, parece que a casa ganhou um cômodo a mais sem precisar gastar com pedreiro e ampliar a construção.

E você ainda faturou vendendo as quinquilharias – e outras nem tanto assim – pela Olx.

Faxina feita naquele quarto da bagunça, agora é hora de meter a mão na massa, ou melhor, no guarda-roupa.

Quanto tempo que você não faz uma seleção de roupas que não usa mais?

Já passaram duas campanhas do agasalho no inverno e você não teve tempo de separar.

Tem aquele blazer que usou uma vez, calça jeans que apertou ou saiu da moda, vestidos, saias e aquela bota caríssima que você usou uma vez só?

A hora é agora, vamos aproveitar, limpar o guarda-roupa e ainda faturar um extra vendendo no site. Além do Olx, também dá para colocar os anúncios nos grupos do Facebook de vendas da cidade. Ali é pão quente! Se sobrar alguma coisa, dá para fazer uma sacola para as amigas levarem e experimentarem, ou ainda dá para organizar um bazar.

 

Declaração do imposto de renda

 

Ninguém gosta de fazer declaração do imposto de renda. Eta negócio chato de fazer.

Eu sei que você não gosta nem de fazer a sua própria, mas é que a sua é complicada mesmo.

Mas já que você está por dentro de tudo, já que você sabe que a Receita Federal mudou a declaração de 2021, você sabe o que mudou e que dá para usar a pré-preenchida, que tal pegar algumas declarações de amigos, amigas e familiares para fazer em casa?

Como é uma atividade bem cansativa, você pode escolher somente as mais fáceis, aquelas dos amigos que tem menos a declarar ou menos alterações.

Quem faz uma declaração está preparado para fazer dez, vinte. Só vai demandar um pouco mais de tempo.

Anuncie no grupo do Whats da família, nos grupos dos amigos, faça uma postagem na sua rede social e dentro de alguns dias vão começar a pipocar declarações para você fazer.

A hora que começar a entrar a grana de cada declaração feita, aposto que você até vai esquecer de quanto é chato mexer no programa da Receita Federal.

Se o teu círculo de amizade é grande e você cobrar um preço abaixo do escritório de contabilidade, vai ter uma boa colheita.