Quando você vê uma animação, quase que imediatamente associa ao público infantil, não é mesmo? Ou então à Disney… bom, você não está completamente errado.
As animações ainda são, em sua maioria, feitas para as crianças, e contam histórias divertidas para que o público pequenino consiga compreender, mesmo que seja só com as imagens, por exemplo.
Mas não podemos generalizar. Ultimamente, algumas animações são feitas justamente para o público adulto, não indicada para crianças.
Ou então, as animações são indicadas para o público infantil, mas possuem reflexões que somente os adultos podem compreender completamente. E é sobre isso que vamos falar hoje.
Para você aproveitar ainda mais as férias junto dos seus pequenos, nós listamos alguns filmes que irão entreter tanto as crianças quanto os adultos. Ou seja: é ideal para assistirem juntinhos!
Confira abaixo 3 filmes infantis que você, com certeza, vai se identificar, emocionar e se divertir também!

1. Divertida Mente

Esse está no topo dos filmes infantis que todo adulto deveria assistir uma vez na vida. Apesar de ter classificação livre e ser indicado para crianças, é um filme que te faz refletir sobre muitas questões.
No enredo, as emoções Alegria, Tristeza, Raiva, Nojo e Medo controlam a “sala de controle” da Riley, uma garotinha de 11 anos. Quando ela se muda de cidade e enfrenta diversas mudanças — tanto na sua vida externa como também no seu interior —, tudo começa a desmoronar, principalmente quando a Alegria e a Tristeza se perdem.
De forma simples e didática, esse filme aborda o tema da inteligência emocional com maestria, e mostra como nossas emoções nos fazem quem nós somos. O filme também se tornou referência para vários meios, como educação e psicologia.

2. Soul

Quem você quer ser quando crescer? Essa é uma pergunta que todo mundo já ouviu na infância. E é justamente sobre isso que Soul fala. A animação da Disney conta a história de Joe, que quando está prestes a realizar o grande sonho da sua vida, morre em um acidente.
Sem aceitar o que aconteceu consigo justamente no momento mais importante da sua vida, ele procura formas de voltar à Terra e terminar sua missão. O porém? Ele precisa ajudar uma alma indecisa a encontrar a sua paixão. Nessa aventura, ele acaba descobrindo o sentido da própria vida.

3. A viagem de Chihiro

O filme conta a história de Chihiro, uma garotinha de 10 anos que está numa viagem de mudança para outra cidade com os seus pais, a contra gosto. Ao pegar um atalho para economizar tempo, seus pais se perdem no caminho e se deparam com um lugar que se parece com um parque temático abandonado.
Eles decidem explorar o local e Chihiro, mesmo relutante, os acompanha. A surpresa vem quando eles encontram uma mesa exposta com diversas comidas deliciosas. Enquanto a garotinha vai explorar o local, seus pais se servem, porém, quando ela volta, seus pais se transformaram em porcos!
E agora? Ao procurar ajuda, ela se perde em um novo mundo, cheio de fantasias, bruxas, espíritos, deuses e outros seres nada comuns. Agora Chihiro precisa encontrar uma forma de salvar sua família e a si mesma.
O anime, como é chamado o estilo do desenho, aborda o tema de amadurecimento e o autoconhecimento. Também explora diversos assuntos que nos fazem nos perdermos de nós mesmos, como a ganância e a luxúria.
No fim das contas, A Viagem de Chihiro nos ensina como é importante se conhecer e saber quem se é de verdade.