buscando cartão
site seguro

Finanças para casal

Casal que economiza junto, cresce junto

Atualizado em setembro 7, 2021 | Autor: Michelle
Finanças para casal

O ditado pode não ser bem esse, mas acredite, é verdade.

A parte financeira é extremamente importante em um relacionamento. Quando o casal está alinhado em relação aos seus gastos, a relação se fortalece e ambos caminham na mesma direção.

Anúncios


Por isso é importante em um relacionamento que os objetivos a dois sejam claros e estejam alinhados, para que cada um não acabe indo para uma direção e gastando como achar melhor.

Definam planos em comum

Antes de mais nada, estejam alinhados quanto aos planos em comum. Não só em relação às finanças, mas um casal precisa trilhar um caminho em comum.

Cada um pode e deve ter os seus objetivos pessoais, os seus hobbies, e suas vontades, porém a espinha dorsal de um relacionamento, o que une as partes, são os planos em comum.

Anúncios


Isso não é diferente quando o assunto são as finanças. Estabeleçam as prioridades, os planos, o que vocês desejam construir juntos, seja uma casa, a educação dos filhos ou fazer uma viagem todo ano nas férias.

É claro que muitas vezes as vontades são opostas. Enquanto um quer comprar uma casa maior, o outro quer trocar de carro todo ano. Nessa hora é importante conversar, e buscar o que é melhor para o relacionamento a longo prazo. Esteja aberto para conhecer a vontade dos outros e ceder também.

Divisão de responsabilidades

Também é fundamental que ambos conversem e definam as responsabilidades de cada um no relacionamento. Isso vale para os cuidados com a casa, para a criação dos filhos, e sim, para as finanças.

Em um relacionamento os 2 precisam participar. Dizer que a divisão tem que ser igualitária em tudo pode ser um pouco utópico, e na verdade um desperdício. Um casal é formado por 2 pessoas, e cada um pode contribuir de forma diferente para tudo dar certo. Isso vale também quando o assunto é dinheiro.

O importante é que a divisão seja clara e confortável para os dois. Não dá pra ficar sozinho tentando pagar todas as contas e ainda economizar. Mas também não dá pra achar que porque o outro ganha mais, ele tem que arcar com tudo.

Por isso, é importante fazer uma lista das despesas fixas da casa, e dividir quem fica responsável por cada uma delas. Se vocês irão dividir tudo igualzinho em 2 partes, ou se um cuida do aluguel, enquanto o outro se encarrega das compras, é algo muito pessoal.

Mais uma vez, conversem e dividam a responsabilidade. Pode ter certeza que assim ambos vão ficar mais seguros na relação e sem sentir que estão carregando o peso sozinhos.

Quem ganha mais pode ajudar mais

É comum ver casais que optam por dividir tudo de forma igual. Desde o aluguel da casa, a conta do restaurante ou o combustível do carro.

Esse sem dúvida pode ser um caminho que funciona para alguns casais. Mas é preciso ficar atento, pois algumas vezes é comum que a conta fique pesada para um lado, ou ainda que alguém tenha que deixar de fazer algo que gostaria, porque o outro não consegue arcar com a mesma quantia para pagar a sua parte.

Nessa hora é importante se colocar no lugar do outro. Se você ganha mais, não significa que tenha que arcar com todas as despesas da casa. Mas imagine se você quer fazer uma viagem, ou ir a um restaurante legal, e acaba não podendo ir porque o outro está sem dinheiro. Agora imagine por outro lado, se fosse o contrário, e você se sentisse inseguro por não poder ir, ou ainda por gastar o que não tem para fazer a vontade do outro.

Isso é mais comum do que se imagina nos relacionamentos. Então avalie bem essa situação entre vocês. A conta não deve pesar para um só, mas as vezes pode fazer sentido que quem ganha mais possa arcar com algumas despesas extras, para ver o outro não se sobrecarregar e principalmente para serem felizes juntos.

Na riqueza e na pobreza

O discurso até pode ser bonito, mas na hora H, a realidade é outra. Problemas financeiros afetam muito os relacionamentos e em geral são responsáveis por boa parte das separações.

Não se trata de quanto dinheiro se tem. O ponto chave no relacionamento é que haja um consenso entre o casal, um alinhamento do que é prioritário e do que é responsabilidade de cada parte.

Quando alguém sente que está se esforçando mais do que o outro, seja para ganhar mais, ou para economizar, e não vê o mesmo esforço no outro, começam as frustrações e desentendimentos.

Por isso nada melhor que uma conversa franca para definirem o melhor caminho para seguirem juntos e com as contas pagas. Sejam felizes!!