Dá uma pausa aí: você se arriscaria a dizer o quanto de dinheiro o mercado gamer movimenta ao redor do mundo?

É por aí mesmo. Apenas em 2020, em plena pandemia, movimentou mais de US$ 160 bilhões de dólares, segundo empresas do setor.

É mais dinheiro que todo o faturamento em streaming de música e a indústria do cinema juntos – com ou sem coronavírus.

Mas não é ‘só’ isso. As grandes companhias somam, juntas, mais US$ 850 bilhões no mercado de ações nas Bolsas de Valores.

Neste post, listamos quais destes conglomerados já oferecem títulos na B3, a bolsa oficial do Brasil, sediada em São Paulo.

Seja você um jogador ou não, conheça as opções disponíveis no país e avalie se vale a pena passar de fase: da ficção ao mercado real dos negócios.

Confira a lista abaixo. Aperte o play.

A1MD34 – AMD

Foto: Divulgação/AMD

Fechamento às 17h30 de 22/01: R$ 508,60

A AMD é uma marca de processadores e de placas de vídeo. Itens fundamentais para que possa ‘rodar’ qualquer tipo de game, sobretudo os atuais, cada vez mais sofisticados, que exigem desempenho superior seja qual for o dispositivo.

ATVI34 – Activision Blizzard

Foto: Divulgação/Activision Blizzard

Anúncios


Fechamento às 17h49 de 22/01: R$ 551,90

A empresa é uma desenvolvedora de games. Entre as suas franquias e jogos estão Crash Bandicoot,  CoD, CoD Warzone, Modern Warfare 1 e 2, Starcraft, Spyro the Dragoon, Overwatch e Tony Hawk Pro Skater.

EAIN34 – Eletronic Arts

Foto: Divulgação/EA

Fechamento às 17h45 de 22/01: R$ 400,10

A companhia está na vanguarda da criação de jogos no mundo. Fundada no começo dos anos 1980, ganhou projeção a partir da década seguinte com a franquia de Need for Speed. Sabe o Battlefield, o Fifa e o Star Wars? São todos dela.

ITLC34 – Intel

Foto: Divulgação/Intel

Fechamento às 18h de 22/01: R$ 51,90

Referência mundial em processadores, a Intel acompanha o mercado de games no mundo ‘desde sempre’. Entre os seus produtos mais conhecidos estão os MiniPCs, o SSDs, os Workstations, entre outros conhecidos do mercado de games.

MSFT34 – Microsoft

Foto: Divulgação/Microsoft

Fechamento às 18h05 de 22/01: R$ 51,81

Bem, esta aqui dispensa apresentações. No universo dos games, é a proprietária do Xbox, uma das principais referências mundiais em consoles. A empresa também detém os direitos dos estúdios como Minecraft, Mojang e Rare.

NVDC34 – Nvidia

Foto: Divulgação/Nvidia

Fechamento às 18h07 de 22/01: R$ 62,99

Fabricante de placas de vídeos que estão entre as preferidas do mercado gamer, a Nvidia tem atuação empresarial bastante diversificada no desenvolvimento de inteligência artificial para educação, saúde, telecomunicações, entre outras áreas.

SNEC34 – Sony

Foto: Divulgação/Sony

Fechamento às 18h07 de 22/01: R$ 554,79

A marca é o sonho de consumo dos players: é a dona do Playstation, console que costuma levar milhares às lojas a cada nova versão. A companhia tem portfólio na área de entretenimento: é dona das produtoras de cinema Columbia e TriStar Pictures.

T1TW34 – Take-Two

Foto: Divulgação/T2

Fechamento às 17h45 de 22/01: R$ 280,90

Sabe a GTA, a franquia que em menos de 24 horas faturou US$ 818 milhões em 2018? E que continua ganhando muito bem no mercado gamer online? Pois é, prazer, Take-Two. Prestígio e dinheiro por aqui caminham lado a lado.

ALERTA DE BUG!

Antes que você pense em sair correndo para investir em qualquer uma das ‘ofertas’ acima, é preciso entender as regras do jogo financeiro.

Todas as ações citadas são negociadas por BDRs – Brazilian Depositary Receipt, ou Certificado de Depósito de Valores Mobiliários.

Tratam-se de valores emitidos no Brasil por empresas de capital aberto, ou congêneres, cuja sede fica no exterior.

As BDRs são título de ações que, por sua natureza, têm valorização volátil, passível de lucros e prejuízos na mesma proporção.

Portanto, se você já deseja fazer este tipo de investimento é recomendável que busque orientação em uma corretora.

Entrar no mercado de ações requer perícia, estratégia, como num game. A diferença é que a perda de dinheiro é real. É game over.