O crescimento e evolução da pandemia da COVID-19 foi proporcional ao crescimento também do desemprego no país. Essa problemática foi responsável por fazer o número de microempreendedores brasileiros crescer ainda mais, principalmente em 2020 e 2021. De acordo com levantamentos do Governo Federal, houve um crescimento de cerca de 2.663.300 de cadastros no MEI (Micro Empreendedor Individual) somente no ano passado. A pesquisa ainda estima que até o ano de 2022 as solicitações de novos cadastros passem dos 5 milhões.

E para aqueles que não têm um CNPJ para chamar de seu, existem soluções diferenciadas, opções para receber uma graninha extra no final do mês na sua conta. Uma das opções que estão ajudando aqueles que estão passando por um momento difícil é aliar suas habilidades à internet, visto que esse é o melhor caminho para preencher seus horários vagos, melhorar seus serviços e, de quebra, faturar um $$ a mais.

Para te ajudar nesse momento, nós trouxemos um conteúdo explicativo sobre como conseguir ganhar uma renda extra trabalhando pela internet, daí da sua casa mesmo! Continue lendo para conhecer as novas tecnologias e inovações que estão dando certo para saber qual é a melhor opção para seu negócio.

Desapegar

E aí, já pensou em desapegar daqueles itens que você não usa mais? Isso envolve roupas, calçados, móveis, objetos de decoração, entre outros. Aqueles itens que estão mais empoeirados do que servindo para algo podem servir muito melhor para outra pessoa. Além de reciclar, o que ajuda muito na sustentabilidade e redução do consumo desenfreado, você ainda pode ganhar uma graninha com isso! Que tal?

Para te ajudar no processo de desapego, é importante reorganizar suas coisas e visualizar o quanto você usa aquela peça/item, se ela combina com os outros itens que você possui, etc. É bom desapegar mesmo, sem mente consumista, beleza?

Além disso, existem plataformas especialmente para isso, e você pode, inclusive, anunciar nas suas próprias redes sociais. Afinal, esse post é justamente para você conseguir vender pela internet.

Exemplos de plataformas para isso: Olx, enjoei.com, RepassaBr, Marketplace do Facebook.

Idiomas

Você sabe algum idioma fluentemente? Caso sim, é uma ótima oportunidade para praticar essa língua e ainda ganhar uma renda extra. Muitas pessoas precisam de serviços de tradução, por exemplo, que requerem um profissional adequado e que seja fluente no idioma. Além disso, você ainda pode começar a dar aulas particulares via internet para aqueles que desejam aprender uma nova língua, por um precinho bacana, assim os dois lados saem ganhando!

Seja Freelancer

Você está desempregado, mas sabe fazer alguma tarefa muito bem? Então esse é o momento de divulgar os seus serviços! Uma ótima dica para você ter uma graninha extra e ainda praticar a sua profissão é procurar pelos famosos freelancers, ou “freelas”, como são popularmente conhecidos.

Essas oportunidades não preveem um vínculo e você pode adaptá-las ao seu cotidiano, só se atentando aos prazos de quem o contrata. Nesse caso, basicamente um computador e uma boa conexão de internet já são necessários.

Além disso, existem plataformas especialmente para isso, e você pode, inclusive, anunciar nas suas próprias redes sociais.

Exemplos de plataformas para isso: Workana, 99freelas, Rock Content, LinkedIn.

Seja afiliado de lojas grandes

Você já ouviu falar em marketing de afiliados? Nesse tipo de atividade, você vende produtos de uma empresa virtualmente, e ganha uma comissão pelas vendas feitas. Para isso, a empresa fornece um link exclusivo seu que redireciona para o produto que você vai vender.

Esse link é rastreável, ou seja, a empresa consegue saber o número de cliques feitos e quantos produtos foram vendidos através dele. Para isso, é necessário se dedicar para começar a trabalhar como um vendedor afiliado, afinal, você vai precisar encontrar meios para divulgar os produtos, né?

Você pode criar um blog ou um canal no Youtube para anunciar os produtos, entrar em grupos de compras e promoções, ou até mesmo criar um grupo exclusivo seu. Assim, você deixa o seu link de afiliado no post e, quando alguém clica e compra o produto, você ganha a comissão!

Para virar um afiliado, você precisa se cadastrar em plataformas como o Hotmart e o Lomadee, que servem como uma ponte entre os vendedores e as empresas.

Gostou das nossas dicas? Veja qual se adapta melhor ao seu perfil e boa sorte!