A Receita Federal abriu na última semana de abril o novo lote residual de restituições do Imposto de Renda.
Com isso, as pessoas podem consultar mais um lote residual de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física de anos anteriores.
Os lotes residuais são os de contribuintes que caíram na malha fina e depois regularizaram suas pendências com o leão.
Então, saiba tudo neste post sobre o lote residual de restituições.

Veja como funciona a restituição do novo lote residual de restituições

O novo lote residual de restituições pode ser consultado de diversas formas.
A consulta pode ser feita na página da Receita na internet ou pelo app.
No total, 210.153 contribuintes recebem R$ 180.556.530,18 a partir de 29 de abril.
Conforme a RFB – Receita Federal do Brasil – deste total, R$ 72,4 milhões são para contribuintes com prioridade.
E quem são os contribuintes que se encaixam nas prioridades?
São eles: idosos e pessoas com alguma deficiência física ou mental.
Também estão incluídos nesta prioridade, pessoas com moléstia grave e profissionais do magistério.

Saiba quem serão os prioritários do novo lote residual de restituições

O novo lote residual de restituições inclui restituição a mais de 210 mil pessoas.
Destas, 3.188 contribuintes são idosos acima de 80 anos e 25.119 contribuintes entre 60 e 79 anos, conforme a Receita.
Outros 2.295 contribuintes têm deficiência física ou mental ou moléstia grave, ao passo que 9.203 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Entenda um pouco mais sobre a malha fina

A malha fina, como é comumente chamada, é quando declarações do IR apresentam inconsistência.
Este lote residual de restituições trouxe alívio aos 210.153 mil contribuintes que haviam caído na malha fina.
No ano passado, a Receita informou que quase 870 mil contribuintes tinham caído na malha fina do IR de 2021.
Foram entregues 36.868.780 declarações este ano.
E deste total, 869.302 declarações foram retidas pelo leão na malha fina, sendo 2,4% do total de declarações feitas.
Então, se você quer saber se está ou já esteve na malha fina, é bem fácil.
Acesso o extrato do Imposto de Renda no site da Receita Federal, procure a aba e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).
Mas não esqueça, para fazer este acesso é preciso usar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital.

Saiba como consultar o lote residual de restituições

Para saber se a sua restituição está disponível, acesse a página da Receita, selecionando “Meu Imposto de Renda”.
Em seguida, clique em “Consultar a Restituição”.
Nesta página, você terá orientações, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da sua declaração.
Através do extrato de processamento, que pode ser acessado no e-CAC, você saberá s tem ou não alguma pendência na declaração.
Desta forma, você pode verificar como pode retificá-la.

Saiba como é o passo a passo do extrato do IR

As restituições de declarações que caíram na malha fina são liberadas apenas depois de corrigidas pelo contribuinte.
Então, em caso de pendências, se você encontrar que têm pendências, você pode fazer três coisas:
A primeira delas é corrigir a declaração apresentada.
Isso pode ser feito sem qualquer multa ou penalidade, por meio de declaração retificadora.
Mas, importante, essa correção não será possível depois que você for intimado ou notificado.
A segunda opção é quando você for comunicado da Receita Federal para apresentar documentação que explique alguma pendência.
Por fim, você pode apresentar de forma virtual os comprovantes que atestam os valores declarados e que constam no extrato.

Para encerrar, na dúvida, se você se sentir desconfortável com relação a este assunto, busque ajuda de profissionais.

Os escritórios de contabilidade e alguns outros serviços especializados podem ajudar em assuntos referentes ao Imposto de Renda, de forma a evitar maiores dores de cabeça.