Ano novo, vida nova! Gastos? Os mesmos! Não se esqueça que, com a novidade do “réveillon”, vêm também os impostos fixos anuais! Eba, feliz ano novo!

Todo início de ano as preocupações são as mesmas em relação às contas. Afinal não são poucas.

E para quem tem filho, um dos maiores gastos nesse período é em relação às despesas com a escola. Infelizmente, as notícias não são tão boas assim.

O material escolar tende a aumentar 30% neste ano de 2022, conforme dados da Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (ABFIAE).

Não é novidade para os papais e mamães de plantão que os materiais escolares sejam uma grande despesa anual, o pior é que não dá pra fugir dela não é mesmo?

Diante disso, para auxiliar os pais e responsáveis encontramos algumas alternativas para suavizar um pouco estes gastos.

Por que vai aumentar tanto o preço?

Basicamente, a matéria-prima está mais cara. Segundo a Abfiae, isso deve acontecer devido à elevação dos custos do plástico, da tinta e também do papel.

Outro ponto que influencia diretamente no preço do material escolar é o valor do dólar, cada vez mais alto, e que impacta diretamente encarecendo produtos como mochilas, estojos e artigos de escrita.

Como economizar ao comprar material escolar?

Pesquisar

Esse provavelmente é o passo mais importante para economizar. Isso porque a variação do preço dos produtos de um estabelecimento para o outro pode ser enorme, chegando a até 300%. Por esse motivo, essa ação pode valer muito a pena.

Abuse das ferramentas digitais

Além de realizar sua pesquisa em lojas físicas, fazer a busca em lojas online e em comparadores como o Google Shopping, Bondfaro, Buscapé e Zoom pode ser uma ótima alternativa para pagar menos pelo mesmo produto.

Ao acessar as páginas dos comparadores você contará com vários filtros, como faixa de preço e tipo de produto, que ajudarão a encontrar o produto procurado ou similares com um valor mais justo.

Utilize cupons de desconto e cashback

Para qualquer tipo de compra sempre vale a pena utilizar cupons de desconto e cashback, no caso dos materiais escolares também. Por isso sempre que for realizar suas compras, principalmente através da internet, lembre-se deles para deixá-las ainda mais baratas.

Você pode conseguir uma enorme economia ao utilizar sites e aplicativos que oferecem cupons e cashback em diversas varejistas como: Ame, Méliuz, Poup, Cuponomia, Ganhe de Volta, Mycashback, Pelando, MeuCupom, Pega Desconto, Cuponeria, Cuponation, Cupom Válido e Busca Descontos.

Reaproveite

Alguns materiais solicitados pelas escolas são pouco utilizados durante o ano letivo, por esse motivo é bom conscientizar os pequenos sobre a importância de reaproveitar.

Repagine o mesmo produto

E se o problema for em relação a repetir o mesmo livro ou caderno (que talvez tenha gasto pouquíssimas páginas), vale utilizar da criatividade para dar uma cara nova ao seu material.

Reutilize

Muitas pessoas têm um certo receio em relação aos usados, porém eles podem ser um grande aliado na hora de economizar com as compras dos materiais escolares.

Em sites como Estante Virtual e  Livronauta você encontra livros usados por preços muito acessíveis.

Já no caso de outros tipos de materiais escolares como estojos, mochilas e outros itens a compra pode ser feita através de brechós em espaços físicos, em grupos especializados nas redes sociais ou em sites que fazem a venda itens usados, como o Mercado Livre e o OLX.

Compre com antecedência

Sabemos que comprar em cima da hora de algum evento sempre faz com que o produto seja mais caro e esse é o caso de fazer suas compras de materiais escolares próximo ao período de volta às aulas.

Por esse motivo, o melhor mesmo é fazê-las com o máximo de antecedência possível. Realizá-las “fora de época” pode te render uma ótima economia. Uma  boa dica é comprar produtos que de toda forma serão necessários, como mochilas e estojos, por exemplo, e também itens de maior valor.