buscando cartão
site seguro

Vale a pena pagar o IPVA à vista ou parcelar?

Confira opções e condições de pagamento do imposto que não deixa você esquecer (no bolso) que o Ano Novo já começou

Atualizado em dezembro 30, 2020 | Autor: Rodrigo
Vale a pena pagar o IPVA à vista ou parcelar?

Seja bem-vindo(a) a 2021. Se você ainda não se recuperou muito bem do Réveillon, basta dar uma olhadinha na documentação do seu carro.

A recepção ao ano que você desejou ter “muito dinheiro no bolso” vem descrita em quatro letrinhas inesquecíveis: IPVA.

Anúncios


Sim, é ele mesmo: Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Aquele mesmo que não te deixa esquecer que o ano novo começou.

Afinal, vale a pena pagá-lo integralmente em janeiro ou parcelar? Confira neste post alguns cenários para escolher a melhor decisão.

Antes, no entanto, algumas perguntas necessárias.

Anúncios


 

Todo mundo paga IPVA?

Nem todo que tem um possante para chamar de seu precisa desembolsar seu suado dinheirinho de janeiro para pagar o IPVA.

A lista de isenções não é das menores, mas tem variações entre um estado e outro.

Anúncios


Em São Paulo, por exemplo, a isenção ou dispensa de pagamento do IPVA é possível em cinco casos:

  • Baixa de benefício
  • Estelionato
  • Furto ou roubo
  • Pessoa com Deficiência
  • Taxistas

Quem se encaixa em um destes perfis deve solicitar sua isenção junto à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Ou seja: não é automático como que câmbio do carro.

 

Sou PCD. Minha isenção de IPVA está garantida?

Estava. Se você mora no estado de São Paulo, fique atento com a mudança na legislação de isenção de IPVA que entra em vigor em 1º de janeiro de 2021.

Somente condutores com deficiência física severa ou profunda, que necessitem de adaptação no veículo, continuarão isentos.

Os demais, como autistas e portadores de deficiências em geral, mesmo que severas, terão que botar a mão no bolso.

A estimativa do governo estadual é que quase 80% das isenções concedidas atualmente sejam suspensas com base na nova lei.

Você pode confirmar se pagará ou não o IPVA pelo site da Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo ou por consulta na rede bancário com os números do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) e da placa do veículo em mãos.

 

Pra onde vai o meu dinheiro do IPVA?

Antes que decida como e quanto pagar, você tem o direito de saber onde vai parar o dinheiro que você paga de IPVA para o estado.

Em São Paulo, 20% do total vai direto para o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Dos outros 80%, metade fica com governo estadual e os outros 40% voltam para o município de residência do proprietário do veículo.

 

Como calcular o quanto vou pagar de IPVA?

O valor já está disponível lá no portal da Secretaria da Fazenda de seu estado. Basta acessa o site e informar os números do Renavam e da placa do veículo.

Mas, se você é daqueles que adoram Matemática, fique à vontade: multiplique o valor do carro pela alíquota correspondente.

Na dúvida sobre o valor do carro, consulte a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Quanto à alíquota, cheque o valor praticado no seu estado.

 

Afinal, melhor pagar à vista ou parcelado?

Depende de sua programação de pagamentos para este início de ano. Afinal de contas, o período é propício para outros compromissos como o IPTU (Imposto Predial Territorial e Urbano), entre outros. São Paulo oferece três condições para pagamento:

 

Vou pagar à vista!

Se puder liquidar o valor do imposto de cara, ótimo. O desconto é de 3%. Considere, no entanto, se esta decisão não esvaziará aquele seu dinheiro de reserva.

 

Hum, já comecei apertado em janeiro…

Ok, adie o pagamento para fevereiro, sem problema. A diferença é que, neste caso, não haverá desconto algum se o pagamento for em parcela única.

 

Ah, vou parcelar mesmo

É a sua terceira opção. Os pagamentos são de janeiro a março – e sem desconto também.

Seja qual for sua escolha, esteja atento à numeração final da placa de seu veículo. É a partir dele que se define a(s) data(s) de pagamento(s).

 

Como e onde posso pagar o IPVA?

Pode ficar tranquilo que o estado disponibiliza vários canais para receber o pagamento do IPVA de seu veículo.

Você pode escolher pelo jeito convencional – ir à agência bancária ou à casa lotérica – ou optar pela comodidade do pagamento digital – ainda mais nestes tempos de pandemia.