O Que é Crédito Rotativo?

A falta de educação financeira correta da população tem sido a causa principal do endividamento elevado dos consumidores que utilizam cartão de crédito. E comprar com o cartão de crédito se tornou uma prática comum no mercado em nossa sociedade.

Atualmente os bancos oferecem muitos produtos e serviços para ajudar no seu dia a dia como, cartão de crédito e débito, oportunidades de empréstimos e financiamentos de bens, e também o crédito rotativo que é um dos vilões para os clientes.

Mas, o que é crédito rotativo?

O crédito rotativo é uma linha de crédito para pessoas físicas ou jurídicas com limite pré-estabelecido e que não pode ser utilizado de forma automática pelo cliente. Resumindo é um tipo de crédito que funciona como um empréstimo.

Exemplo, o cliente usou o cartão de crédito e não tem o valor total da fatura para pagar, então ele utilizará o crédito rotativo, com juros e impostos definida  pela instituição e reconhecida pelo cliente.

O crédito rotativo é ideal para quem não quer ou não pode pagar o valor total da fatura no dia do vencimento, mas que pretende pagar o saldo futuramente.

 

Como funciona

Todos os cartões de crédito tem um limite determinado que é oferecido pela instituição. Dentro desse valor o cliente pode realizar suas compras à vista ou pode parcelar, mas que devem ser pagas no dia do vencimento da fatura do cartão de crédito.

Mas infelizmente muitas pessoas não conseguem pagar o valor total da sua fatura, é aí que entra o crédito rotativo. O valor pendente é totalmente calculado com juros e impostos previamente combinado.

A vigência deste crédito é somente de 1 mês, portanto não é possível pagar um valor menor do que o total em mais de uma oportunidade consecutiva.

O crédito disponível diminui na medida que é feito o pagamento do principal que já foi utilizado, ou seja, o seu limite de crédito é recuperado com o pagamento dos juros, extras do principal.

Nova regra para o crédito rotativo

Taxas diferentes do rotativo. É uma regra que beneficia os clientes, pois não é mais permitida a cobrança de taxas de juros diferente para quem é inadimplente.

 

Características do crédito rotativo:

  • O cliente precisa passar por  uma análise de crédito para confirmar se ele pode assumir o compromisso e pagar os limites que ele usará.
  • O cliente poderá utilizar ou retirar fundos até atingir um limite pré-aprovado
  • O valor do crédito aumenta ou diminui à medida que o cliente usa ou paga o dinheiro.
  • O crédito pode ser utilizado repetidas vezes
  • O pagamento será realizado somente no valor que o cliente utilizou, mas com juros e impostos.
  • O cliente tem a opção de pagar parcelado ou o valor integral a qualquer momento.

Como conseguir o crédito rotativo

Para conseguir o direito de utilizar o crédito rotativo o cliente precisa apresentar uma solicitação ao banco que é correntista. A instituição realizará uma análise do seu crédito e disponibilizará um limite para o cartão.

O cliente precisa de um cartão de crédito comum sobre qual pesam os custos de anuidade como ocorre em qualquer outro cartão.

Vale a pena utilizar o crédito rotativo?

O crédito rotativo pode ser algo positivo ou negativo dependendo de como você utilizará. Mas ele não é a melhor opção para resolver a sua situação.O correto é utilizar um empréstimo bancário como alternativa para correr das dívidas com o cartão de crédito, efetuando o pagamento da fatura total e parcelamento com juros menores do empréstimo pessoal.

O uso irresponsável do cartão poderá resultar no aumento das dívidas ao longo do tempo, já que o cliente acumulará gastos e mais gastos em seu cartão rotativo. De qualquer forma existem outras opções de crédito que podem ser mais vantajosas para você. O ideal é você pesquisar as taxas de juros de cada uma das instituições e ter condições para fazer um compromisso de realizar o pagamento sem sair do seu orçamento. Lembrando que o uso do crédito rotativo só vale a pena se for em caso emergencial.

 

O que você deve ficar atento?

  • Fique sempre de olho na fatura
  • Evite acumular parcelamentos
  • Olhe para os valores além das parcelas
  • Conheça todas as taxas cobradas no rotativo
  • Muito cuidado com as compras parceladas. Anote todos os seus gastos para não passar do limite
  • Certifique se as parcelas cabem no seu bolso
  • Tente pagar o valor integral para evitar pagar juros.
  • Fique atento as novas regras que o crédito rotativo pode ser usado somente por 30 dias.

Qual a diferença do rotativo e parcelado?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre rotativo e parcelado, muitas acham que são a mesma coisa, e não é:

O rotativo é mais usado para os cartões de crédito. Todas as vezes que você não quitar o valor total da sua fatura o restante da dívida passa para o próximo mês, mas com juros  sobre o saldo devedor. Já o parcelado está ligado à possibilidade de parcelar o valor total da fatura e evita que entre o rotativo que os juros são bem maiores.

Faça uma análise antes de contratar um dos serviços.

 

Lembre-se o crédito rotativo é apenas um crédito para emergência. Se você planejar não pagará juros.

Mantenha o foco, o principal objetivo é você ficar livre  da dívida inicial e não se afundar em uma nova dívida.

Publicado por: Equipe