O que é Independência Financeira e o que fazer para alcançá-la?

Atualizado em outubro 13, 2020 | Autor: Michelle Verginassi
O que é Independência Financeira e o que fazer para alcançá-la?

A independência financeira pode ter um significado diferente para cada pessoa. Algumas, acreditam que é ter liberdade para fazer o que quiser com o dinheiro, como viajar, sem ter problemas.

Já outras pessoas, acreditam que a liberdade financeira significa ter dinheiro o suficiente para não precisar trabalhar, ou para poder focar em outras atividades que sejam menos trabalhosas e mais prazerosas.

Independente do significado que ela tem para você, é preciso ter muito planejamento e foco em seus objetivos para alcança-la.

Neste artigo, vamos ajudar você a se planejar e a elaborar seus objetivos de forma prática, para que a liberdade financeira seja uma realidade.

Para você, o que é independência financeira?

Como falamos no início do artigo, o conceito de independência financeira varia de pessoa para pessoa. Basicamente, podemos dividi-las em dois grupos.

O primeiro grupo é composto pelas pessoas que acreditam que a liberdade financeira significa não ter mais que aposentar, vivendo apenas com aposentadoria e com outros tipos de renda, como investimentos.

Geralmente, essas pessoas utilizam os rendimentos obtidos por meio do trabalho para poder trabalhar com algo que sempre sonharam ou poder usufruir do patrimônio conquistado com tranquilidade.

Já o segundo grupo pensa de forma diferente. Para eles, a independência financeira está relacionada a poder comprar coisas e viajar sem ter que depender de alguém, como, por exemplo os pais.

Não há um grupo certo ou errado. São duas visões de mundo diferentes. O que interessa aqui é que você saiba qual tipo de independência financeira você quer conquistar.

Se você pensa como o primeiro grupo, precisará investir em uma boa aposentadoria, e além disso, fazer bons investimentos para conseguir renda suficiente para alcançar seus objetivos.

Se você se identifica com o segundo, você precisará encontrar meios para encontrar um bom emprego e se planejar para atingir os seus objetivos.

A seguir, preparamos algumas dicas para te ajudar a alcançar a sua liberdade financeira. As nossas dicas contemplam os dois grupos.

Comece planejando o seu orçamento

Faz um planejamento orçamentário é algo muito necessário, e que não exige muito tempo. Para começar a planejar, você só precisa de uma planilha para registrar suas finanças.

Você deve registrar na planilha toda a movimentação do seu dinheiro, isto é, as suas rendas e as suas despesas.

Quando falamos despesas, falamos de todas as despesas mesmo, até os gastos pequenos. Portanto, é preciso saber com clareza para onde o seu dinheiro está indo.

A liberdade financeira exige economia. Portanto, quando você terminar de montar o seu orçamento, será necessário analisar todos os seus gastos, com o objetivo de definir quais deles podem ser cortados.

O dinheiro economizado deve ser usado para criar uma reserva de emergência e para fazer investimentos. Falaremos mais sobre isso no decorrer do artigo.

Limite seus gastos

Além de planejar seu orçamento e cortar os gastos, você também precisar estabelecer um limite para os seus gastos.

Para facilitar, categorize os tipos de gastos do seu orçamento. Você também deve considerar os gastos esporádicos, que envolvem presentes de natal e de aniversário.

Com os gastos limitados, você conseguirá mais dinheiro para investir na liberdade financeira.

Antes de passarmos para a próxima dica, vamos só esclarecer uma coisa: você não precisa deixar de fazer tudo que você gosta para ter liberdade financeira. O importante aqui é consumir de forma consciente, sem perder o controle sobre os seus gastos.

Crie uma reserva de emergência

A construção de um fundo para ser usado em caso de emergências é uma importante parte do processo de tornar-se independente. Portanto, é importante começar a construir a sua reserva de emergência o quanto antes.

De início, reserve uma parte da sua renda mensal para depositar no fundo. O ideal é que a sua reserva seja equivalente a seis meses de todas as suas despesas mensais.

Por fim, é recomendamos que você coloque o seu fundo de emergência em uma aplicação segura, que possua uma liquidez alta, isto é, que seja fácil resgatar o dinheiro.

Faça investimentos de acordo com os seus objetivos

Os investimentos são uma parte importante no processo de independência financeira. Eles devem ser escolhidos de acordo com os seus objetivos e perfil de investidor.

Para saber qual é o seu perfil, você deve saber que tipo de risco você está disposto a ter. Você é mais conservador e prefere investimentos com risco baixo? Ou é mais moderado e quer correr riscos, mas sem abrir mão de segurança? Você é mais arrojado e está disposto a correr mais riscos em troca de retornos maiores?

Se você quer uma independência a longo prazo, para se aposentar tranquilamente, o indicado são os investimentos de renda fixa. Eles possuem baixo risco e, portanto, são melhores para você fazer o seu patrimônio render.

No entanto, se você está no segundo grupo, é possível pensar em fazer investimentos de renda variável. Eles possuem um risco maior, mas dão um retorno maior. Entretanto, é preciso estudar muito sobre eles, para ter menos chances de perder dinheiro.

Além disso, é também importante ter investimentos de renda fixa, que funcionaram como uma base para a sua carteira de investimentos.

Por fim, escolha um investimento com muita atenção, e não se esqueça das outras dicas deste artigo!

.botao-box2 span{ animation: none !important; }