Desde criança nossos pais costumam nos dar vitamina C para nos proteger dos resfriados, outros dão suplementos mais completos, as grávidas tomam compostos vitamínicos durante toda a gestação. Na vida adulta e na velhice  muitas pessoas acabam não tomando esse tipo de cuidado, o que pode ser o fator que desencadeia facilmente algumas doenças e muita gente nem se dá conta.

Por que suplementar?

Para nosso corpo funcionar plenamente, precisamos de uma quantidade certa de magnésio, potássio, ferro, ácido fólico, proteínas, vitaminas e muito mais. Cada um desses elementos possui uma função metabólica para o nosso organismo.

Para saber com detalhes como estão os níveis de cada um deles, é necessário fazer exames médicos, mas mesmo sem um laudo de deficiência, alguns deles são extremamente importantes de se suplementar, principalmente para pessoas que não tem uma dieta balanceada, ou atletas, que desgastam seus nutrientes com mais facilidade.

Em cada fase da vida, naturalmente precisamos, ou perdemos algumas dessas substâncias, independente de levar uma vida com equilíbrio alimentar, ou atividade física.

Saiba quais os suplementos para cada fase da vida.

 

Suplementação de crianças

As crianças precisam de suplementação de alguns minerais e vitaminas para garantir o desenvolvimento do crescimento e o amadurecimento intelectual.

O Ministério da Saúde, fornece uma super dosagem de vitamina A para crianças a partir dos 6 meses, por se tratar de uma substância essencial para proteger as crianças contra infecções respiratórias, diarreia, nutrição para crescer, e proteger a visão. Segundo o MS, a suplementação de vitamina A, previne 23% de mortalidade infantil e 40% de mortalidade materna.

A vitamina D, é suplementada desde o primeiro dia de vida das crianças, ela é especialmente fundamental para o desenvolvimento dos ossos, e prevenção de doenças infecciosas.

O ferro deve ser suplementado já na primeira infância a partir dos 6 meses de idade quando a criança passa a não receber a alimentação do leite materno exclusivamente, para prevenir anemia e ajudar no desenvolvimento intelectual.

O ácido docosaexaenoico DHA, é um ácido graxo poli-insaturado, essencial para o desenvolvimento cerebral das crianças, e da visão. O suplemento pode ser usado do quinto mês até os 6 anos de idade, mas crianças que possuem deficiência na aprendizagem devem tomar em qualquer fase.

Anúncios


 

Suplementação em adultos

Para os adultos a necessidade é de se manter uma dieta equilibrada e rica em proteínas e vegetais, que contenham todos os nutrientes que precisamos, porém sabemos que a alimentação da maioria de nós é bem deficiente, e costumamos ingerir mais comidas pouco nutritivas, que as que podem ser fonte de vitalidade. Além disso, uma rotina cansativa de trabalho, cuidado com os filhos e o estresse cotidiano contribuem para diminuir a absorção e manutenção das vitaminas, proteínas e minerais que precisamos.

A suplementação é fundamental para atletas e pessoas que praticam atividade física regularmente, pois eles acabam perdendo boa parte da nutrição com o desgaste energético.

É por isso que mesmo pessoas que se exercitam bastante podem adoecer em decorrência da falta de alguma substância que garante o bom funcionamento do organismo.

Para mulheres grávidas, são recomendados o uso de ácido fólico para ajudar a formar todos os órgãos do bebê, a deficiência desse nutriente pode gerar má formação. Um complexo de vitaminas é incluído diariamente; iodo, ferro, cálcio e muitos outros. A mãe precisa repor não só para a formação do bebe, mas também para sua própria nutrição que fica muito deficiente nessa fase.

Na fase adulta, para ter certeza do que realmente possa ser necessário numa suplementação especial com a dosagem ideal para cada caso, é preciso realizar exames, fora isso é aconselhado complexos vitamínicos como os encontrados em farmácias.

Suplementação em idosos

A partir dos 50 anos de idade, o organismo se torna ainda mais difícil de reter as vitaminais, minerais e ácidos graxos. Por esse motivo, a partir dessa idade, já se faz necessário o uso de vitaminas do complexo B, vitamina D, cálcio, selênio e magnésio que são muito importantes para a memória nessa fase em que começam a enfraquecer as células neurais.

O suplemento de EPA e DHA, são essenciais na terceira idade pra ajudar a prevenir o Alzheimer, eles são encontrados no ômega 3.