Já sacou o seu PIS/PASEP? Fique atento!

Confira o calendário 2021 para retirada do benefício destinado a servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada de baixa renda

Atualizado em janeiro 25, 2021 | Autor: Rodrigo Viudes
Já sacou o seu PIS/PASEP? Fique atento!

A redução da renda e do emprego nestes tempos de pandemia atingiu, principalmente, a população mais pobre no país.

Nestas circunstâncias, toda renda é bem-vinda, sobretudo quando se trata de um benefício adquirido com trabalho.

É o caso do PIS/PASEP, cujo calendário 2021 de pagamentos já está ativo. Confira abaixo as datas e, se beneficiado, retire seu dinheiro.

O que é o PIS/PASEP?

O PIS é o Programa de Integração Social. Criado pela Lei Complementar 7/1970, é destinado aos trabalhadores do setor privado.

Já o PASEP é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, instituído pela Lei Complementar 8/1970.

Quem pode receber o PIS/PASEP?

Os beneficiados são aqueles que tenham trabalhado por pelo menos 30 dias no ano anterior com carteira assinada.

É preciso ter recebido, no máximo, dois salários mínimos em média por mês e estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos.

Os trabalhadores do setor privado dependem ainda que as empresas tenham comunicado os dados ao governo.

Qual é o valor recebido?

O teto é de até um salário mínimo nacional cujo valor, até a publicação deste post, era de R$ 1.100,00, reajustado por Medida Provisória publicada em 30 de dezembro de 2020.

O recebimento é proporcional ao tempo trabalhado, ainda no ano anterior, conforme as regras já expostas no item anterior.

O pagamento do PIS é feito pela Caixa Econômica Federal (CEF) e o do PASEP pelo Banco do Brasil (BB).

Foto: Pilar Olivares/Reuters/Agência Brasil

Como saber se tenho direito ao benefício?

Os trabalhadores do setor privado podem consultar o aplicativo Caixa Trabalhador ou acessa o site da Caixa em ‘consultar pagamento’.

Se precisar, ainda pode telefonar ao atendimento da Caixa pelo 0800 726 0207 ou procurar um dos postos da Superintendência Regional do Trabalho.

Esta última opção é a mesma para os servidores públicos, que podem acessar ainda o site do Banco do Brasil.

Os telefones disponíveis, todos do BB, são 4004-0001 (para capitais e regiões metropolitanas), 0800 729 0001 (outras cidades) e 0800 729 0088 (para deficientes auditivos).

Como sacar meu benefício?

Foto: Divulgação

Os trabalhadores do setor privados têm três opções:

  • Caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes ‘Caixa Aqui’, com cartão cidadão e senha
  • Na agência da CEF, com documento de identificação
  • Por depósito na conta corrente, caso seja correntista

Os servidores públicos podem retirar o benefício de três formas:

  • Na agência do BB, com documento de identificação
  • Por depósito em conta corrente
  • Por transferência, sem custo, para outro banco, seja pelo BB ou pela internet.

Como saber o número do meu benefício?

Trata-se do NIS (Número de Identificação Social) e do NIT (Número de Identificação do Trabalhador). Onde eles estão:

  • Cartão Cidadão
  • Carteira de Trabalho
  • Extrato de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço)
  • No site do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), no menu ‘Cidadão’, ‘inscrição’ e, por fim, ‘filiado’.

Quando vou receber?

Confira abaixo o calendário de recebimentos por benefício:

PIS

Mês de nascimento / data de recebimento

Janeiro e fevereiro / 19 de janeiro

Março e abril / 11 de fevereiro

Maio e junho / 17 de março

Quem nasceu entre julho e dezembro já teve o benefício liberado a partir de 16 de julho de 2020

PASEP

A referência para pagamentos do PASEP é o último número de seu benefício. A data limite de pagamento é dia 30 de junho de 2021 para todos. Assim:

Número final / data de liberação de benefício

Zero / 16 de julho de 2020

1 / 18 de agosto de 2020

2 / 15 de setembro de 2020

3 / 14 de outubro de 2020

4 / 17 de novembro de 2020

5 / 19 de janeiro de 2021

6 e 7 / 13 de fevereiro de 2021

8 e 9 / 17 de março de 2021

E se eu não retirar o benefício?

Caso você não busque ou saque seu benefício o valor será encaminhado ao FGTS, conforme determina a Medida Provisória 946 de 7 de abril de 2020, que extinguiu o Fundo PIS/PASEP.

Ou seja: retire o seu benefício o quanto antes.