Quem é que nunca pediu um aumento ao patrão que atire a primeira pedra.

É comum o funcionário ou colaborador achar que ganha pouco e que merece um salário maior.

Por outro lado, é corriqueiro o gerente ou dono do negócio achar que o funcionário não está dando o máximo.

Há casos em que há um precipício entre os dois, por isso, há tanto colaborador insatisfeito e tanto patrão desgostoso.

Mas, e se o pedido de aumento nem fosse necessário? E se fosse algo automático, com certeza, seria bom para empregado e empregador.

Como conseguir isso? É o que a gente vai te contar neste post, pois uma pesquisa da Catho revela que uma forma de conseguir melhorar em 50% seu salário basta fazer um curso de pós-graduação ou mestrado.

 

Entenda a importância de buscar especialização

Não é de hoje que você escuta que a qualificação pode ser decisiva na conquista de um salário maior.

Na verdade, se qualificar é inerente à busca por um bom emprego ou promoção na carreira.

Se você pode investir em educação ou em uma especialização saiba que isso é essencial para que, como profissional, possa se destacar no mercado.

Anúncios


Ainda mais em momentos como este que estamos vivendo, onde tantas prioridades estão sendo revistas.

E não apenas prioridades, mas também comportamentos e costumes. Mas o investimento em especialização e educação não sofreu revés, ao contrário do mercado de trabalho, o que comprova, mais uma vez, a necessidade de se preparar.

 

Pesquisa realizada com 2 milhões de profissionais

Nesta linha a pesquisa mais recente da Catho Educação, de 2018, mostra o quanto uma qualificação pode ser um diferencial na carreira de qualquer um.

A pesquisa foi feita com mais de 2 milhões de profissionais, de 25 mil empresas diferentes e chegou a mais de 4 mil municípios brasileiros.

E o resultado foi surpreendente: profissionais com cargo de coordenação que possuem pós-graduação ou mestrado/doutorado podem aumentar seus salários em até 53%.

 

De 47% até 118% de salário maior, foi o que apontou a pesquisa

A pesquisa da Catho Educação concluiu também que o fato de um profissional ter pós-graduação ou MBA faz com que ele tenha um salário 47,2% maior do que um profissional da mesma função e que não tenha esta especialização.

Já no nível operacional ou de assistente, quem possui graduação pode ganhar até 25% a mais do que quem não tem essa qualificação.

Outra informação esclarecedora que a pesquisa trouxe é que para cargos de analistas, em caso de pós ou MBA, o salário é maior em 14,7%.

Mas aí está o x da questão. Quando estes analistas, seja de marketing, financeiros ou outra função, por exemplo, concluem um mestrado ou doutorado, o salário aumenta em 118%.

 

Pesquisa mostra que o mercado reconhece os mais qualificados

Essa pesquisa não é tão recente, mas é a mais recente realizada no país nesta envergadura, de atingir a imensa maioria dos municípios brasileiros.

Se formos analisar que estamos há um ano na pandemia e que qualquer amostragem neste período implicaria em uma visão distorcida do cenário, a pesquisa acaba nem sendo tão antiga assim.

Ela mostra de forma clara que o mercado reconhece profissionais mais bem qualificados.

Essa realidade, inclusive pela pandemia, será cada vez mais comum.

Além de suas experiências profissionais, somente a qualificação dará essa capacidade de atingir o objetivo e conquistar um salário maior.

E cursar uma pós-graduação é uma experiência que permite ao profissional ampliar sua visão de mundo.

Sem contar que promove networking com outras pessoas da área, fornece conhecimento teórico e prático para aplicar no dia a dia.

 

Entenda o porque de salários maiores – de 47% até 118%

Por fim, na sequência, publicamos uma pequena tabela sobre o percentual salarial de quanto ganham a mais os profissionais conforme suas formações acadêmicas, conforme a pesquisa.

Confira o nível hierárquico e o percentual que aumenta o salário em caso de concluir pós-graduação ou MBA:

Diretor e gerente – 47,2%

Coordenador e supervisor – 53,7%

Profissional graduado – 47,3%

Analista – 14,7%

*No caso de analistas de marketing e financeiros, por exemplo, em caso de concluir um mestrado ou doutorado, isso aumenta o salário em 118%.

 

Dicas de como conseguir aumento de salário

Para finalizar este conteúdo, confira algumas dicas de como pedir aumento de salário ao seu patrão.

Não, não é uma ironia e nem brincadeira de mau gosto.

Como o objetivo é te ajudar, sempre, e se você não aproveitou a pandemia e o tempo ocioso para buscar uma especialização, o que te resta para conseguir um salário maior?

Por isso, como forma de encerrar este post, eis as 5 dias básicas que podem te ajudar, lembrando que a pandemia está aí e ainda dá tempo de você aproveitar o tempo e se especializar em alguma coisa:

1º- Não use motivos pessoais para justificar o pedido de aumento.

2º- Não faça chantagem e nem promessas.

3º- Considere a situação da empresa, se há condições do reajuste.

4º- Aponte suas principais qualidades profissionais.

5º- Saiba quanto vale seu trabalho, se você faz a diferença ou agrega valor na empresa.

Se a sua resposta a este último item for “não”, se pergunte se você, como patrão, lhe daria aumento. Se sua resposta for novamente “não”, então, nem perca seu tempo tirando o tempo do seu superior. Vá atrás de uma especialização antes e de fazer a diferença.