Será que procrastinar é mesmo tão ruim como dizem?

Todo dia o mundo nos lembra da urgência da vida, das obrigações e tarefas a serem cumpridas, de ser eficiente, comprometido, estar sempre a postos e fazer tudo o mais rápido possível. Por outro lado, parece que procrastinar virou sinônimo de preguiça, desleixo, falta de produtividade.

Mas procrastinar pode ter sim um lado bom. Aliás, vários lados bons. Descubra algumas vantagens de deixar algumas coisas para depois e comece a usar a procrastinação a seu favor.

Procrastinação x eficiência

A procrastinação pode ser a maior aliada da eficiência. Essa afirmação pode parecer estranha e soar contraditória, no entanto se você observar um pouco vai perceber que muitas vezes você perdeu um tempão tentando realizar uma tarefa e não conseguia sair do lugar por horas, as vezes dias, as vezes semanas, e de repente, faltando pouco tempo para encerrar o prazo, todas as ideias surgiram e você conseguiu rapidamente fazer tudo que precisava.

O maior risco do procrastinador é descobrir que consegue trabalhar sobre pressão e realizar suas tarefas muito mais rapidamente.

Se você se identifica com essa situação, deve perceber que foi muito mais eficiente ao fazer o que precisava na última hora. Mas fique atento, essa é uma decisão arriscada, e que pode colocar tudo a perder se qualquer imprevisto aparecer.

Aproveite as coisas boas

Que tal inverter a ordem da obrigação e da diversão um pouquinho?

Outra vantagem de procrastinar sem culpa é que ela abre possibilidades para você aproveitar um pouco mais as coisas boas.

Pense bem, você tem uma lista de coisas a fazer, e com isso não consegue achar um tempo para o que você realmente gostaria.

Quando você descobre a eficiência em cumprir suas obrigações depois, consegue aproveitar esse tempo livre antes para fazer o que realmente gostaria.

Lembre-se que isso não isenta ninguém das responsabilidades e é preciso e saber a hora de voltar para os afazeres.

Anúncios


Mas saiba que se você usar a procrastinação a seu favor, pode sim aproveitar um pouquinho mais o seu tempo para as coisas boas da vida sem culpa.

Procrastine, mas com disciplina

Procrastinar é uma arte, desde que você aprenda o valor da disciplina. Você pode sim deixar algumas coisas para depois, mas precisa saber a hora de colocar suas obrigações em primeiro lugar.

A disciplina é fundamental nessa hora. Você pode inverter a ordem das coisas, mas precisa saber até onde procrastinar e o exato momento de assumir as suas responsabilidades.

Para isso um planejamento é fundamental. Não dá para querer procrastinar e ainda ser um bagunceiro. Organize as suas tarefas, organize sua agenda. Deixe para depois, mas em hipótese alguma deixe de fazer.

E como não se sentir sobrecarregado?

A pior sensação que vem quando deixamos as nossas obrigações para depois é o medo de não conseguir entregar tudo, ou aquela sensação de estar sobrecarregado. Por isso o planejamento é fundamental.

Procrastinar pode ser bom quando você descobre uma forma de ser eficiente, conhece o seu ritmo para realizar diferentes tarefas, e consegue fazer um bom planejamento do seu dia.

Assim você consegue repriorizar as suas atividades, e até fazer sobrar tempo para as coisas que você quer fazer e não acha hora.

Dicas para se planejar

Para se planejar e deixar algumas tarefas para depois, você precisa avaliar exatamente tudo que precisa fazer e o tempo que leva para cada coisa.

Faça uma lista das suas atividades e os prazos de entrega. Defina quanto tempo você leva em média para realizar essas tarefas e coloque uma margem de segurança.

Comece a executar as suas tarefas na hora que você realmente sabe que será eficiente. E até lá, aproveite o tempo livre para fazer outras coisas que você nunca achou hora porque sempre estava ocupado procrastinando.