Diariamente nos deparamos com alguém falando, seja no trabalho, na rua ou mesmo no telejornal, sobre o progresso, a tecnologia e sobre como as coisas evoluíram.

Muitas coisas são lembradas para exemplificar a evolução, seja a câmera fotográfica, o celular, o setor automotivo, os computadores e por aí vai.

Raramente ouvimos alguém falar da evolução que aconteceu no cenário bancário, principalmente o brasileiro.

E no sistema bancário, sim, houve uma verdadeira revolução.

Saímos de uma hegemonia de grandes bancos tradicionais, com agências padronizadas e filas enormes para, para… para os bancos digitais.

Agora tudo está na palma da mão, no celular. Não só os bancos digitais, como os tradicionais também tiveram que entrar no mundo digital.

Mas não foi apenas a agência física com aquele prédio grande que veio parar dentro do celular; as pesadas taxas desapareceram e novas facilidades surgiram.

No passado, era comum você se sentir refém dos ‘bancões’.

Você era obrigado, por exemplo, a pagar mensalidade de cartão de crédito todo santo mês. O sistema era assim e pronto.

Atualmente o que não falta são bancos oferecendo cartão de crédito sem anuidade, programa de pontuação e uma longa lista de benefícios.

São tantos cartões e tantas bandeiras que fica até difícil escolher.

Anúncios


Qual o melhor cartão de crédito para mim?

Boa pergunta!

Para te ajudar a escolher o melhor cartão de crédito, o que melhor se adapta ao seu orçamento e ao seu estilo de vida, fizemos este post.

Para isso, vai ser importante você conferir este post até o fim.

Vamos te dar alguns passos para saber escolher um cartão de crédito, seja virtual, pré-pago ou consignado, e acabar com a dor de cabeça.

Entenda a revolução bancária causada pelos bancos digitais no Brasil

O surgimento dos bancos digitais mudou o Sistema Financeiro Brasileiro.

O fim das filas, o fim do horário bancário, as taxas, enfim, o uso da tecnologia barateando o serviço para o cliente, são algumas das vantagens dos bancos digitais.

A digitalização dos bancos fez com que se observassem dois grandes movimentos no cenário das instituições financeiras.

O primeiro, baseado em empresas que já estão nascendo digitais. O segundo, quando bancos tradicionais estão se digitalizando.

Além da concorrência ser grande neste ecossistema, o mercado dos bancos digitais não para de crescer.

Novos players surgem ano a ano. Falar apenas em Nubank ou Banco Inter já não é sinônimo de banco digital.

Em 2019 surgiu o C6Bank, o tradicional Bonsucesso agora é BS2, o Bradesco criou o seu braço digital, o Next, assim como a holding J&F, que criou o Banco Original.

A entrada de bancos digitais europeus, como o N26, um banco alemão, só corrobora para a revolução que não tem fim no cenário bancário brasileiro.

Quem ganha com isso é o cliente, que passa a ter mais opções, melhores opções e uma disputa pelo seu CPF, barateando os custos bancários no país.

Veja por que os bancos tradicionais tiveram de se adaptar

 Os bancos digitais chegaram para mudar o status quo, vieram para balançar as estruturas e mudar o mundo (financeiro).

E não é para menos. Jogaram para zero boa parte do quinhão onde os bancos tradicionais ganhavam bem através de taxas e serviços.

Os bancos digitais nos deram a chance de ter conta corrente sem custo, zerando as transações muito antes de surgir o Pix, cartão de crédito acessível e sem anuidade, tudo de forma online.

É claro que nem tudo são flores. No Brasil, o sistema bancário ainda é dominado pelos grandes bancos.

E não há mal nenhum nisso, o problema são as taxas e pela burocracia.

Mesmo que ofereçam serviços mais caros e até ineficientes, os ‘bancões’ ainda detém a maior parte do bolo.

Este é um dos motivos que têm levado as fintechs e os bancos digitais a se proliferarem de norte a sul.

A diferença para o modelo tradicional é que os bancos digitais não têm agências físicas.

Desde a abertura de conta, todo o processo, incluindo movimentações e atendimento é feito de forma virtual, pelo app.

Estas novas empresas usam da tecnologia para oferecerem seus serviços virtuais de forma mais enxuta e adaptado a realidade do brasileiro.

O cartão de crédito de forma rápida, segura e de graça é um dos motivos que levou os bancos digitais a serem os novos queridinhos dos brasileiros.

Saiba quais os tipos de cartão que existem no mercado?

O cartão de crédito virou adereço corporal.

Não tem como sair para a rua sem levar o cartão. Não dá para esquecer.

“Dá para pagar no cartão?” ou “aceita cartão?” viraram frases corriqueiras na hora das compras.

Mas, qual tipo de cartão?

Você sabe quantos tipos de cartão existem aqui no país?

A lista não é extensa, por isso, reunimos os quatro principais tipos:

  • Cartão de crédito;
  • Cartão de crédito consignado;
  • Cartão de crédito virtual;
  • Cartão pré-pago.

Saiba como entender melhor as características de cada um desses cartões

 Os tipos de cartões mais comuns são os de crédito e débito.

Neste post vamos falar também do cartão de crédito virtual, do pré-pago e do crédito consignado.

A maioria de cada um destes cartões vem com alguma vantagem para fisgar o cliente e manter sua fidelidade.

Vamos ver cada um deles, suas funcionalidades e vantagens.

Conheça como funciona o cartão de crédito normal

Começamos pelo cartão de crédito ‘normal’.

Ele não deixa de ser uma forma de empréstimo.

Só que em vez de você ir lá no banco e pegar um valor para pagar em 30 dias, você usufrui do cartão e depois paga a conta.

Você tem crédito liberado para gastar uma determinada quantia ao longo das semanas e depois precisa pagar.

É quando a fatura chega. Tal qual um empréstimo.

E para que este momento não seja de desespero, você precisa saber usar o parcelamento do seu cartão com cautela.

No final deste post vamos trazer algumas dicas valiosas para você não ter dor de cabeça com seu cartão.

Vale a pena adiantar apenas que você precisa ficar de olho na data do vencimento da fatura para ter o valor da parcela assim que chegar à fatura. Isso evita dor de cabeça e endividamento.

Veja como usar o cartão pré-pago

O segundo da lista é o cartão pré-pago.

Conta para a gente, ao ler a palavra pré-pago, o que vem a sua cabeça?

Pode falar a verdade. Sim, é celular pré-pago, aquele que você ‘põe crédito’.

Pois bem, o cartão pré-pago funciona do mesmo jeito, como um celular pré-pago.

Você faz uma recarga no valor desejado e pode utilizar ‘o crédito’ até que acabe o saldo.

Se o saldo acabar é só recarregar e usar novamente.

Então ele funciona quase como um cartão de débito?

Sim. E não!

A diferença é que para o cartão de débito você precisa ter conta para debitar o valor da compra.

No pré-pago, não! Você carrega o valor e vai gastando “no crédito”.

Outra grande vantagem é que não tem burocracia alguma e nem demora para você conseguir o seu.

Se antes de liberar o banco faz consulta a score, SPC ou Serasa? Não!

Você não precisa se preocupar se o seu nome estiver no SPC/Serasa.

Isso porque você carrega o valor e gasta até que tiver saldo. Terminou o saldo, terminaram as compras.

Não tem como ficar inadimplente ou não conseguir pagar a fatura, por exemplo.

Outra vantagem e grande utilidade para o cartão pré-pago é com relação a viagem.

O cartão é recomendado se você for ao exterior e quiser realizar compras lá fora.

Ou seja, não precisa levar dinheiro em espécie, você carrega no seu cartão, de forma virtual.

Saiba como funciona o cartão de crédito virtual

Os cartões de crédito virtuais trazem muita tecnologia agregada, como o próprio nome diz.

Eles estão muito populares no Brasil, principalmente pela questão das compras pela internet.

Empresas como Nubank, Itaú e Banco do Brasil já apostam nesta tecnologia.

O grande diferencial é a sua segurança, pois o cartão de crédito virtual funciona como se fosse uma versão temporária do cartão físico.

Este cartão tem o mesmo limite e os mesmo benefícios, mas é gerado com os dados diferentes do seu cartão físico.

Entenda como é o cartão consignado

Por fim, bem-vindo ao mundo do consignado. É um mundo à parte.

Este mundo do consignado é vasto, vai do empréstimo, do crédito com garantia ou cartão de crédito consignado.

Em resumo, o cartão de crédito consignado funciona quase como um empréstimo consignado.

Ele funciona como um cartão de crédito comum, que pode ser usado para fazer compras no comércio.

A diferença é que a fatura nunca chega! Ou melhor, ela vem antes!

Do mesmo modo que o empréstimo consignado, a fatura é descontada diretamente da folha de pagamento ou conta bancária de quem é do INSS e contrata o produto.

Saiba o que é a margem consignável e como calcular

Você pode contratar quantos empréstimos consignados quiser, mas todos eles, somados, não podem ultrapassar a margem consignável.

Mas o que é a margem consignável?

É a parte da sua renda mensal que pode ser comprometida com um pedido de empréstimo. É quanto você teria condições de pagar por mês.

Neste ano, com a mudança na lei, você pode comprometer até 40% do total do seu benefício ou pagamento.

Entenda o que mudou na lei dos empréstimos consignados

Em 2021, o governo federal sancionou a MP que aumenta até o fim do ano a margem para contratação de empréstimo consignado.

Os bancos do país passaram a conceder o crédito consignado com margem ampliada e maior carência para pagamento.

A nova margem de crédito consignado para o INSS já está valendo: é de 40%.

Assim, o limite de comprometimento da renda dos beneficiários passou de 35% para 40%.

Com isso, você tem limite de 35% para consignados e mais 5% para saque ou pagamento de cartão.

Veja o que levou 19 milhões de pessoas a pagar juros acima do mercado

 Um levantamento feito pelo Banco Central mostrou que cerca de 19 milhões de pessoas tomaram empréstimo consignado pagando taxas de juros acima do mercado.

Nesta mesma linha, segundo o Bacen, estão quase 5 milhões que fizeram financiamento de veículos via banco e mais meio milhão de pessoas que contrataram crédito imobiliário.

E por que isso acontece?

O crédito consignado é liberado com mais facilidade ao cliente, porque o pagamento é debitado no contracheque ou no benefício do aposentado ou pensionista.

Por este motivo, é preciso ter cuidado com suas finanças. E por este motivo existe o limite ou margem consignável.

Entenda a diferença entre um banco tradicional e um digital

Tudo feito com poucos cliques e muita rapidez. E direto pelo celular.

Não é à toa que os bancos digitais têm sido uma alternativa para quem sempre quis fugir das burocracias dos ‘bancões’, as instituições tradicionais.

Usando a tecnologia, estes bancos acabam deixando que o cliente tenha maior controle da vida financeira.

Alguns são conhecidos também como fintechs, grande parte dos bancos digitais oferece abertura de conta corrente sem taxa e cartão de crédito sem anuidade.

Os bancos digitais são protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito, que garante cobertura para que as contas digitais tenham a mesma proteção oferecida por um banco tradicional.

Com a expansão das contas digitais, até mesmo alguns bancos tradicionais começaram a oferecer serviço equivalente, como o Bradesco, que lançou o banco Next.

Este é só um exemplo de como os bancos tradicionais tiveram e souberam se adaptar à realidade.

Ou melhor, se digitalizaram. Com isso, a diferença do ‘bancão’ para o banco digital diminuiu.

Mesmo assim, os bancos digitais ainda oferecem serviços e produtos com custos menores, como é o caso de cartão de crédito.

Sabe o roxinho? Pois é, tem como um ‘bancão’ competir com ele?

Pois é, neste ponto, os bancos tradicionais mesmo cobrando anuidade e taxas nos cartões de crédito, costumam colocar muito mais benefícios para fidelizar o cliente.

Há casos de cartões que geram muitos pontos a cada dólar gasto em compra. Coisa que não se consegue no cartão sem anuidade de um banco digital.

Como se vê, e como já dissemos em um ponto mais acima do texto, ao escolher um cartão de crédito você vai precisar analisar qual se adapta mais ao seu estilo de vida.

Às vezes, o barato sai caro. E, algumas vezes, é melhor pagar anuidade, mas poder desfrutar muito mais do programa de pontos ou milhagens.

Conheça um pouco mais sobre as bandeiras dos cartões

Você já sabe o que são as bandeiras do cartão de crédito, certo?

São empresas responsáveis pelas transações de vendas, que dão o aval às informações de compra, valor e parcelas.

Elas fazem a transmissão para a instituição bancária responsável pelo cartão de crédito.

As bandeiras são apenas as intermediárias entre o comprador e o banco.

Por falar nisso, você sabe a diferença entre a bandeira e a operadora de crédito?

Se não sabe, vamos lá.

Bandeira é Visa, Mastercard, Elo. Operadora de crédito é o banco. São as instituições financeiras.

Sabe o seu Itaucard Visa Platinum? Pois bem, Itaú é a operadora do cartão. Visa é a bandeira, que intermedia sua compra na lojinha do bairro e o banco, que dá antecipa a grana da compra.

É a bandeira que define seu limite de crédito e se o seu cartão será nacional ou internacional.

Você sabe quais são o Top 5 das principais bandeiras de cartão de crédito?

1 – Mastercard

Entre as bandeiras de cobertura internacional, esta bandeira é a queridinha.

O Mastercard é líder lá fora e aqui no Brasil também. A bandeira possui as versões débito, crédito e pré-pago.

2 – Visa

Muito popular, surgiu em 1958 e chegou ao Brasil em 1971, a Visa está presente em mais de 200 países.

É a segunda bandeira mais utilizada nos cartões daqui.

3 – Elo

A Elo surgiu da união entre o Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Federal, você sabia?

Portanto, é uma bandeira 100% brasileira, aceita também em alguns países vizinhos e em Portugal, com 120 milhões de usuários.

Possui as funções de crédito, débito e pré-pago e conta com uma lista de programas especiais para empreendedores.

Por fim, a American Express e a Hipercard.

A American é a mais popular entre quem tem maior poder aquisitivo.

Já a Hipercard não exige renda para emitir o cartão, tornando-se muito apreciada por esta faixa de público.

Vale lembrar que todas as bandeiras têm seus programas de pontos.

Por exemplo, a Visa tem o Vai de Visa. A Master tem o Mastercard Surpreenda. A Elo tem o Clube Elo Mania.

Agora que explicamos sobre as bandeiras, vamos aos cartões, para você se sentir preparado para fazer a sua escolha, do seu melhor cartão de crédito.

Veja as melhores opções de cartões de bancos tradicionais

Foi-se o tempo em que ter cartão de crédito era sinônimo de dor de cabeça por conta da anuidade e outras coisas.

Com a chegada das fintechs e das contas digitais gratuitas, a oferta de cartões de crédito aumentou.

Agora, digitais ou físicos, todos os bancos estão oferecendo boas opções de cartões de crédito, tudo vai depender do seu objetivo, se é taxa zero de anuidade ou boa geração de pontos.

Vamos conhecer alguns cartões a partir de agora, entre bancos digitais e tradicionais, começando pelos últimos.

Conheça o Cartão Santander sem anuidade

O banco Santander possui uma opção de cartão livre de taxas, que é o Santander SX, disponível na bandeira Master.

O cartão é internacional e possui anuidade gratuita, mas com condições.

Para zerar a anuidade do seu cartão Santander, é necessário acumular no mínimo R$ 100,00 em compras mensais.

Outra vantagem deste cartão é o programa de pontos, onde você ganha 1 ponto a cada R$ 5,00 em compras.

Saiba mais sobre o cartão BB Altus Visa Infinite

O cartão BB Altus Visa Infinite é uma novidade recente que está exclusivamente voltada aos clientes do BB Private.

O Altus é sinônimo no Brasil para acumular milhas.

O Banco do Brasil Altus Visa Infinite oferece 2,5 pontos Livelo por dólar gasto, que tem validade por quatro anos.

São quatro pontos por dólar no primeiro ano.

Este cartão permite acessos ilimitados às salas VIP de aeroportos para o portador e convidados e oferece ainda mais oito cartões adicionais de graça.

A anuidade é de R$ 1.440, mas clientes que mantiverem pelo menos R$ 25 mil em gastos mensais ficam livres de pagar a anuidade.

Veja tudo sobre o Cartão Itaucard

Se você pensa que apenas banco digital oferece desconto em lojas parceiras para seus cartões, você se enganou.

Os cartões Itaucard condicionavam a anuidade grátis ao gasto mensal de no mínimo R$ 100.

A regra foi eliminada, agora você pode ter seu cartão Itaucard das bandeiras Visa ou Mastercard com anuidade grátis sem nenhum gasto mínimo.

Mas este cartão não tem nenhum programa de fidelidade, exceto pelos programas do próprio Itaú.

Mesmo assim, é uma boa opção para aqueles que não querem banco digital e desejam usufruir da estrutura física do Itaú sem nenhum gasto adicional.

É cartão Itaú, com a solidez do Itaú e suas agências físicas, porém, sem custo e burocracia como se fosse banco digital.

Quem tem cartão de crédito do Itaúcard tem descontos em centenas de empresas parceiras. É 15% de desconto em compras na Netshoes, na Marisa, na Zattini e na Shestock.

Saiba mais sobre o Cartão Elo Nanquim

O cartão Elo Nanquim é um dos mais tops quando se fala em programa de milhagens.

Para ter um cartão deste, da Caixa Federal, por exemplo, você precisa ter renda mínima de R$ 15.000.

Lançada em 2011 por meio de uma parceria entre os três maiores bancos do país, Bradesco, Caixa e Banco do Brasil, a anuidade fica em R$ 828 ou em 12 vezes de R$ 69.

A pontuação é de 2,2 pontos por dólar em compras no país e 3,3 pontos por dólar em gastos no exterior.

Uma das novidades é o Elo Nanquim Diners Club, já que a Elo assumiu a administração da Diners Club no Brasil, trazendo benefício de pontuação que nunca expira.

Então, você pode escolher seu Elo Nanquim Diners Club pela Ourocard, ou pela Caixa e outros já citados.

Para ter este cartão, a renda mínima exigida varia de banco para banco, mas o Bradesco, por exemplo, exige R$ 20 mil, enquanto a Caixa, R$ 15 mil e o Banese, R$ 10 mil.

 Conheça o Bradesco Aeternum Visa Infinite

O Aeternum Visa Infinite é emitido pelo Bradesco para os segmentos Private e Prime.

É sem limite de crédito, mas para você ter o seu, é preciso comprovar renda de R$ 50 mil.

A anuidade também não é barata, fica em R$ 1.500, porém, por ser altamente exclusivo, o cartão oferece até 4 pontos por dólar. Um dos que mais converte gasto em pontuação do Brasil.

Os pontos são acumulados diretamente na Livelo e não expiram.

Oferece acesso gratuito e ilimitado às salas do programa LoungeKey. Além dos benefícios, os clientes têm vantagens como seguro de viagem e de automóveis e estacionamento gratuito em aeroportos.

Conheça duas opções de cartões virtuais

Depois dos cartões dos bancos tradicionais, apresentaremos a você os cartões virtuais neste post.

Vamos aproveitar para destacar duas opções de cartões virtuais para você conhecer um pouco mais dessa segurança e funcionalidade que a tecnologia nos trouxe.

Entenda como funciona o cartão virtual Mercado Pago

O cartão virtual do Mercado Pago, que pertence à empresa Mercado Livre, é um cartão para pagamentos online.

Ele é ideal para pagamentos na internet e assinar serviços de música, streaming e jogos.

Cada vez que você fizer um pagamento, o Mercado Pago debitará da sua conta o valor total correspondente ao seu pagamento.

E se você não tiver saldo, pode depositar dinheiro para usar com o cartão.

Conheça o Ourocard-e, o cartão virtual do BB

Faça o Ourocard-e e tenha mais agilidade e segurança nas suas compras pela internet. É assim que o Banco do Brasil apresenta o Ourocard-e em seu site.

O nome lhe é familiar certamente, afinal, Ourocard é o cartão de crédito mais famoso do BB.

Conheça alguns benefícios:

-Mais agilidade, segurança e praticidade para fazer compras pela internet e em aplicativos.

-Ele é prático porque é você quem escolhe limite, data de validade, número de transações e se ele será internacional.

-Os números do cartão e código de segurança entre ele e o Ourocard-e são diferentes;

-Você pode optar por receber mensagens contendo suas transações financeiras.

-Serve para compras não só na internet como também em estabelecimentos físicos.

-Outra vantagem é que dá para alterar ou desativar o seu cartão virtual nos mesmos lugares em que você criou.

-E em caso de suspeita de fraude, você pode desativar seu Ourocard-e sem precisar bloquear o seu cartão principal.

-Não é cobrada tarifa para gerar um cartão virtual, pois esse serviço faz parte do seu cartão principal.

Saiba mais sobre cartões consignados

Se o assunto é consignado, não dá para deixar de falar de BMG e Caixa.

A história do BMG se confunde, aliás, com a criação do crédito consignado no Brasil.

Confira, neste post, os cartões do BMG Card, o Caixa Simples e o Cartão Consignado Olé.

Conheça o Cartão de Crédito Consignado BMG

O banco BMG oferece cartão de crédito sem anuidade para clientes que mantêm uma conta.

É um cartão exclusivo para aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos com taxas de juros muito mais baixas do que um cartão de crédito comum.

O BMG Card oferece limite de até 1.6x o seu benefício, pagamento mínimo descontado na folha de pagamento, sem consulta a SPC e Serasa, sem anuidade e taxas escondidas.

Oferece também a comodidade de realizar saques nos caixas da rede Banco24Horas.

A bandeira Mastercard, que oferece cashback de 0,2% em todas as compras sem nenhum custo adicional.

Como benefícios, além da anuidade zerada, este cartão Mastercard não tem análise de crédito e isso aumenta as possibilidades de aprovação.

Conheça o Cartão de Crédito Consignado Olé

O cartão de crédito consignado Olé não tem qualquer taxa.

Você ainda ganha R$ 100 de crédito e mais vantagens exclusivas.

Confira alguns diferenciais oferecidos pela Olé Consignados no seu cartão consignado:

– O Olé é fruto de uma parceria entre o Banco Bonsucesso e o Santander.

-Você não tem custos com a emissão nem com a manutenção do seu cartão Olé.

-Sem anuidade, totalmente gratuito.

-Taxas 4 vezes mais baixas.

– Aproveite as taxas do consignado são bem menores do que no cartão de crédito convencional.

– Solicite sem sair de casa.

– Você pode solicitar pelo computador ou celular. O processo é 100% digital.

– Com o Cartão Olé, você pode sacar seu limite de crédito em dinheiro e o aproveitar como quiser.

– O cartão Olé Consignado você acompanha pelo app.

– Veja o seu limite e consulte suas faturas através do aplicativo Olé.

– Crédito para negativado. Seu nome está negativado nos órgãos de proteção ao crédito? Não tem problema.

– Cartão internacional. São mais de 27 milhões de estabelecimentos comerciais no Brasil e no mundo.

– Taxas e o CET do cartão consignado da Olé:

INSS – Taxa: 3,0% a.m. e CET: 3,16% a.m.

Federal – Taxa: 3,35% a.m. e CET: 3,52% a.m.

Estaduais – Taxa média: 4,50% e CET: 4,71% a.m.

Municipais – Taxa média: 4% e CET: 4,19% a.m.

Saiba mais sobre o Cartão Caixa Simples

O cartão de crédito consignado Caixa Simples está disponível para todo aposentado ou pensionista do INSS e servidores públicos federais, com menos de 75 anos.

Oferece as mesmas facilidades dos cartões de crédito convencionais para você fazer suas compras em lojas físicas e pela internet, no Brasil ou no exterior.

Como é consignado, conta com a facilidade do desconto de parte do pagamento da fatura, referente à margem de 5% do seu provento.

De 20% a 70% do limite de crédito pode virar dinheiro na conta, basta solicitar no ato da contratação.

Confira algumas vantagens do Caixa Simples, o cartão consignado da Caixa:

-Anuidade Zero: Você tem isenção de anuidade.

-Taxa de juros mais em conta.

-Até 3x menor que a de um cartão convencional que varia de 2,7% a 3% ao mês para uso do rotativo.

-Sem consulta ao Serasa ou ao SPC

-Sem burocracia. Fácil e Simples!

-Se você tem débitos junto à Caixa, é preciso regularizar antes da contratação.

Qual o melhor cartão de crédito pré-pago?

 Agora entramos na parte dos cartões que até quem está negativado consegue o seu.

Não tem segredo, não tem dificuldade, o cartão pré-pago funciona como um celular pré-pago, basta você colocar créditos e depois sair gastando “no crédito”.

Neste post, trouxemos duas opções de cartões pré-pagos: Bradesco DIN e o Pague Seguro, confira:

Conheça o pre-pago Bradesco DIN

O Bradesco DIN é um cartão pré-pago que não pede análise de crédito e comprovação de renda.

Você pode usar para compras no Brasil e no exterior, em lojas físicas e na internet.

E ainda acompanha os lançamentos de sua conta pelo app.

Confira algumas características e vantagens do Bradesco DIN:

-Tem bandeira Visa ou Elo e limites de R$ 5 mil;

-Sem análise de crédito;

-Envie e receba dinheiro pelo app;

-Compre onde quiser, até mesmo na internet;

-Seu dinheiro mais seguro;

-Saque em qualquer lugar;

-Descontos de 50% na rede Cinemark;

-Conexão Elo Wi-Fi grátis;

-Receba seu salário no cartão;

-Controle o seu fluxo financeiro pelo App;

Saiba como funciona o cartão pré-pago do PagSeguro

 A marca PagSeguro você já conhece.

A novidade é que o PagSeguro criou o PagBank, através do qual você pode adquirir seu cartão pré-pago Mastercard PagBank.

Com ele, o controle fica nas suas mãos. Facilidade e segurança para você fazer compras online e presenciais.

O Mastercard Pagbank é um dos mais conhecidos no Brasil e pode ser utilizado para pagar a mesada dos seus filhos, gastos de viagens e comprar online com segurança.

Confira alguns benefícios do pré-pago PagBank Master:

-Sem fatura

-Descontos no Mastercard Surpreenda

-Pagamentos por aproximação

-Compras e saques no Brasil e no exterior

-Use em jogos online

-Pague a mesada do seu filho

-Controle as despesas dos familiares

-Compre online com segurança

-Pague seus funcionários ou terceiros

 Confira as melhores opções de cartões de bancos digitais

 Por fim, vamos abrir espaço aos novatos, aos queridinhos que conquistaram o país, com suas contas digitais sem custo e seus cartões de crédito sem anuidade.

Agora é a vez dos bancos digitais. Vamos elencar informações para ajudar você a escolher o seu cartão de crédito preferido.

A sua escolha, vamos trazer mais informações sobre o cartão do Banco Inter, Nubank, C6, Original e outros.

Conheça o Cartão de Crédito do Banco Inter

O Banco Inter, presente na Bolsa de Valores, oferece cartão de crédito sem anuidade.

Ele é um dos bancos mais antigos do Brasil dentre os digitais, pois surgiu ainda nos anos 90, mas neste conceito digital, somente a partir de 2014.

Quando você criar uma conta digital no Inter, terá direito a receber um cartão de crédito internacional, de bandeira Mastercard e sem anuidade.

Dependendo do valor investido, o cliente ainda pode optar pelo cartão Gold, Platinum ou Black. Mas tem mais benefícios para você.

O Banco Inter, que está na B3, tem dois programas de cashback.

Você pode usar o cartão nas duas opções, seja no Inter Shop (compras pelo app) ou por meio do cartão Mastercard, fazendo compras e ganhando cashback na fatura.

O cashback c do cartão Inter Mastercard é de 0,50% sobre o valor da fatura para quem tem o Platinum e 1% sobre a fatura para quem tem o cartão Master Black.

Saiba mais sobre o Cartão de Crédito Nubank

Achou que o cartão roxinho ficaria de fora desta lista?

O Nubank foi um dos mais disruptivos, o que lançou moda, que criou esta tendência.

O “cartão roxinho” é o queridinho do Brasil, pois foi um dos primeiros a oferecer cartão sem enrolação e sem anuidade.

Ficou famoso por oferecer o cartão de crédito “roxinho” sem anuidade e permitindo pagamento por aproximação, ainda com programa em troca de benefícios, o Rewards.

Em seu cartão de crédito, o Nubank possui um programa de pontos chamado de Nubank Rewards.

Para participar do Nubank Rewards, o cliente deve pagar um valor de R$ 19 por mês ou R$ 190 por ano.

A cada R$ 1,00 gasto no cartão, o cliente ganha um ponto de Rewards. Quando juntar um número x de pontos, vai acabar compensando a despesa.

Mas não é obrigatório, você não precisa aderir, pode ficar no cartão de anuidade zero mesmo.

Veja os benefícios do cartão do C6 Bank

O C6 Bank é um bom cartão de crédito para quem quer ter parte do valor pago de suas compras de volta.

Tem cashback automático, onde é possível trocar parte do valor gasto por saldo em reais na conta.

Você ganha 0,05 ponto a cada real gasto através do programa de pontos Átomos, que você pode usar para comprar passagens aéreas.

A cada 100 pontos, você ganha R$ 2,00, a cada 10 mil pontos Átomos, ganha R$ 250.

Saiba mais sobre o cartão do Banco Original

Nas compras no cartão de crédito do Banco Original, você acumula pontos que podem ser trocados por crédito na próxima fatura ou na conta corrente.

O cartão de crédito Mastercard Black do Original oferece 1,5% de cashback, desde que a fatura seja acima de R$ 10 mil, o que também garante a isenção da anuidade de R$ 972 a partir do segundo ano.

No primeiro ano é automaticamente isento de anuidade. Para gastos inferiores a R$ 10 mil, o cashback é de 0,75%.

O cartão Platinum oferece cashback de 1% para gastos acima de R$ 5 mil e 0,5% se inferiores a esse valor.

Tem também o cartão Gold e o Internacional.

Conheça o cartão Next, o banco digital do Bradesco

O Next é banco digital que trabalha de forma independente, apesar de ser a alternativa do Bradesco para concorrer com as fintechs desde 2017.

O cartão mais básico do banco digital Next é emitido na bandeira Visa Internacional é livre de anuidade para sempre.

O banco é parceiro da Livelo e o usuário pode acumular pontos em suas compras aderindo a planos de serviços com cobrança mensal.

No app do Next você encontra uma lista dos descontos que o banco oferece através do seu cartão de crédito em empresas parceiras de transporte, alimentação, compras e entretenimento.

São mais de 70 empresas parceiras com descontos variados. Como destaque, vamos citar a Livraria Cultura que oferece descontos a partir de 15%.

E não são apenas descontos e vantagens para quando você for comprar alguma coisa. O Next tem o programa de “Mimos” que podem te dar até R$ 300 por mês em economia.

 Veja o que você pode fazer se você não consegue aprovação do cartão

 Se você gostou de um cartão de crédito apresentado, mas não está conseguindo ter a aprovação, veja o que você pode fazer.

Assim como oferece benefício e vantagem, cada cartão de crédito também tem seus pré-requisitos.

Que tipo de requisitos são estes? Depende do cartão e do banco que faz a emissão.

Muitos colocam renda mínima, outros citam o score como ponto principal e assim por diante.

Se o problema for a renda mínima, você sabe o que precisa fazer: aumentar sua renda comprovada.

Quanto ao score de crédito, aí o furo é mais embaixo.

O score reflete seu comportamento financeiro, por isso os bancos estão de olho.

Mas há algumas dicas, alguns macetes que podem ajudar você a melhorar seu score para conseguir não só o cartão que você quer, como também a ter mais aceitação quando o assunto for empréstimo.

A primeira dica é óbvia: se você está com CPF restrito ou negativado, antes de qualquer coisa, limpe seu nome.

Estar devendo não quer dizer que você seja um mau pagador. A inclusão no SPC ou Serasa pode ter um motivo adverso ou algum mal resolvido. Então, renegocie a dívida e limpe seu nome, antes de tudo.

Outra dica é pagar suas contas com cartão de crédito.

Assim, quanto mais você gastar, maior será o seu score. Mas há um pequeno detalhe: é preciso pagar em dia.

As informações de pagamento de cartão fazem parte do Cadastro Positivo, que tem grande peso na pontuação do score. Mas se você não pagar em dia, é gol contra.

Seja pontual nos pagamentos, sempre em dia, e cuide para não tentar conseguir muitos empréstimos, afinal, quanto mais pesquisas pelo seu nome forem feitas, isso pode significar que você está correndo atrás de dinheiro.

Por fim, mantenha seu cadastro positivo ativo.

Entenda como reverter a situação e conseguir ter seu cartão aprovado

E já que falamos em cadastro positivo, você sabe o que ele significa?

O cadastro positivo é seu currículo financeiro. Isso é o que melhor resume.

Este histórico de crédito, desde empréstimos a contas relacionadas ao seu consumo estão ali, assim como suas notas constavam no seu histórico escolar.

Ele mostra seu relacionamento com as empresas nos últimos 12 meses. Pagar as contas em dia, pagar o valor integral das faturas, tudo isso pode somar alguns pontos.

Entenda o que você precisa fazer para não acabar no vermelho

Em 2021 mais de 1 milhão de pessoas ficaram inadimplentes em um mês, apontou a Serasa.

Para você ter ideia, o número de inadimplentes no Brasil passou de 61,56 milhões para 62,56 milhões de pessoas. É muita gente!

É como se em uma família de quatro pessoas, uma estivesse na Serasa.

Por este motivo, vale reforçar, mantenha seu nome limpo.

Assim, não vai lhe faltar crédito e nem cartão de crédito disponível. Sem contar que você vai dormir melhor!