Quantos filmes você conhece que já chegaram a 9 edições?

Talvez você ainda esteja pensando se realmente lembra de algum, mas a gente já te adianta a resposta: poucos.

Velozes & Furiosos 9 está chegando às telas neste ano. Finalmente!

Mas nem tão veloz assim. E furioso ficaram os fãs depois do lançamento ter sido adiado algumas vezes por conta da pandemia e das salas de cinema fechadas.

Ficou para  o final de maio o lançamento deste nono filme da saga.

A previsão, após novo adiamento, é que o filme seja lançado no dia 31, aproveitando o Memorial Day.

Esta é uma data significativa em homenagem aos militares que morreram em combate.

A informação é da própria Universal Pictures, responsável pela produção.

 

A trilogia

Este nono filme da série Velozes & Furiosos é o segundo da nova trilogia (Velozes 8, 9 e 10).



Desde o 8 não conta mais com a presença de Paul Walker, falecido em 2013.

Ele dava vida a Brian e morreu aos 40 anos em um acidente de carro no sul da Califórnia, durante as gravações do Velozes 7.

O longa, como era de se esperar, dá continuidade às corridas eletrizantes dos amigos de Dominic Toretto (Vin Diesel).

O que vai acontecer no F9?

Dominic Toretto (Vin Diesel) reencontra seu irmão Jacob Toretto (John Cena), que é estimulado por Cypher (Charlize Theron) e Magdalene Shaw (Helen Mirren) a executar um plano de vingança.

Mas porque F9?

Velozes & Furiosos 9, ou Fast & Furious 9, estilizado para F9. No cartaz divulgado pela Universal, F9: The Fast Saga.

 

Acredite, uma cena de 4 segundos levou 8 meses

Desde a primeira vez em que foi às telas, as grandes loucuras de tirar o fôlego sempre estiveram presentes.

Super corridas, disputas, roubos de carros elaborados, perseguições e até gente segurando míssil com as mãos.

No F9 não vai ser diferente. O novo trailer da saga foi revelado durante o Super Bowl e, adivinhe, traz mais uma cena surreal.

Um carro altíssima velocidade capota, invade uma loja, rola e bate em um caminhão do outro lado do prédio. Só isso?

Não. O carro vai parar dentro do baú do caminhão, entrando pela lateral da carroceria.

O vídeo, lógico, fez um sucesso tremendo e o atual diretor, Justin Lin, tuitou para contar uma pequena curiosidade.

A sequência de apenas 4 segundos desta cena descrita aí em cima precisou de 8 meses de preparação.

“Uma sequência de quatro segundos de Velozes 9. Oito meses de preparação, quatro dias de produção, três carros destruídos. Trabalho de mais de 100 pessoas dedicadas e talentosas. Melhor trabalho do mundo”. De tirar o fôlego!

 

Do fundo do baú

Mas como a gente falou lá em cima no começo do post, se esta saga chegou ao 9, é difícil lembrar de como tudo começou.

A gente dá uma forcinha.

Em 2001, o policial Brian O’Connor (Paul Walker) foi infiltrado no mundo das corridas de rua com carros ilegais para juntar provas e tentar capturar Dominic Toretto (Vin Diesel), que era o líder da gangue, já procurado pelo FBI.

Em 2003, o filme seguiu na mesma premissa, mas ficou marcado pela saída de Vin Diesel. Em 2006 foi o Tóquio, o que mais trouxe mudanças e o que menos rendeu dólares à Universal.

Em 2009 veio o renascimento, era o F4, novamente com direção de Justin Lin e a volta do elenco original com Walker e Diesel com seus carros turbinados.

Se você não lembra, foi em 2011, que o V5 saiu das ruas de Los Angeles e veio para o Rio de Janeiro.

No Velozes 6, Luke Evans aparece como o vilão Owen Shau e Michelle Rodriguez que teve sua personagem ‘morta’ no F4, volta com tudo. Foi um dos melhores da série.

O F7 teve que ser adaptado por conta do falecimento de Walker antes do término das gravações.

E o último, o 8, foi o primeiro da série (desde Tóquio) sem Walker e sem Jordana Brewster. Este foi o segundo da franquia dos Velozes a ultrapassar 1 bi de dólares de bilheteria.