Você é atuante no grupo de WhatsApp da família?

É você aquele familiar que está enviando vídeo e fotos a todo momento?

Então, me conta uma coisa: você achou fácil de usar o serviço de pagamentos do WhatsApp?

Você ainda não usou? Como assim? Você usa o Whats todo dia, paga os boletos e faz Pix todas as semanas, mas ainda não testou o WhatsApp Pay, que foi lançado há três meses?

Se você ainda não usou esta ferramenta, deve estar pensativo, se perguntando se é seguro e achando que não deve ser fácil.

Sinto muito lhe informar, mas é tão fácil que até aquela sua tia já sabe usar.

Sabe aquela sua tia distante que só sabe mandar imagens fofas de ‘bom dia’ no grupo da família? Pois é, até ela sabe usar o WhatsApp Pay.

Isso porque a forma de transferir dinheiro é feita de forma tão fácil no WhatsApp quanto enviar uma foto ou compartilhar um vídeo.

E a grande vantagem é que se você precisar pagar alguém ou transferir dinheiro, nem precisa sair do “zap”.

O serviço funciona 24 horas por dia, durante todos os dias da semana.

Se você não acredita nesta facilidade, confira neste post que a gente vai te explicar direitinho como usar o serviço e como funciona esta nova ferramenta.

Anúncios


 

Saiba o que é o WhatsApp Pay

O WhatsApp Pagamentos ou WhatsApp Pay, como também é chamado, é um serviço de transferências de valores.

O serviço existe no Brasil desde o dia 4 de maio de 2021.

Assim como o Pix, ele é mais um recurso para as pessoas fazerem transações, sejam elas, pagamentos ou transferências.

Ele é executado pelo Facebook Pay. Aqui no país, as transações são feitas pela Cielo.

O serviço foi aprovado pelo Banco Central para transações que envolvam cartões das bandeiras Visa e Mastercard.

O Brasil é o segundo país do mundo a contar com esse serviço. O teste inicial foi na Índia.

Já são 120 milhões de usuários, o que equivale a 60% da população brasileira.

 

Saiba como convidar amigos para usar o WhatsApp Pay

Antes de te falar mais da ferramenta, é melhor te avisar que você pode convidar seus amigos para fazer parte deste novo mundo.

Depois que você tiver acesso aos pagamentos no WhatsApp, você pode convidar amigos e familiares para usá-lo também.

Este convite é bem fácil de fazer. Quer ver?

Confira como enviar convite e dinheiro para um amigo em 5 passos:

 

1 – Basta fazer uma transferência ou enviar uma solicitação de dinheiro para a pessoa no app.

2 – Se esta pessoa, seu amigo ou familiar, ainda não estiver usando o WhatsApp Pay, a opção de fazer o cadastro vai aparecer na tela dele.

Vale também o contrário, se você estiver fora e um amigo te enviar ou solicitar dinheiro pelo Zap.

3 – Para entrar, é só você preencher o cadastro. Pronto, simples assim.

Ou seja, fazer uma transferência pelo Whats automaticamente libera o acesso ao serviço.

4 – Para fazer pagamento no Whats App você precisa cadastrar um cartão com a função débito ou uma conta corrente no Facebook Pay, que libera as transações tanto no “Face” como no “Zap”.

Que cartão usar? Qualquer um que você tenha, desde que seu banco ou instituição financeira ofereça este serviço.

5 – E como enviar este convite? Simples. É uma transferência normal para o seu contato, semelhante quando você envia fotos ou vídeos.

 

Veja como funciona o serviço de transferências do Whats

Você poderá ativá-la nas configurações, se for pessoa física.

No caso das empresas, é preciso autorizar o serviço pelo WhatsApp Business.

O funcionamento para usuários e empresas é similar, mas há diferenças.

  • O serviço pode ser usado tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.
  • Para PF não há cobrança de taxas, mas no caso de PJ, o custo é 3,99% por operação.
  • É habilitado para usuários do app com cartão de débito e pré-pago.
  • Entre os bancos que oferecem este serviço estão o Nubank, Next, Banco do Brasil, Inter, Bradesco, Itaú, Sicredi e outros.
  • Ainda não é possível usar cartões de crédito para fazer as transferências.

 

 Conheça as vantagens de usar o WhatsApp Pay

A principal vantagem é que a operação é feita sem sair da tela de conversas.

Isso mesmo, funciona como se você estivesse conversando com um amigo, a namorada ou sua mãe.

Quer saber mais alguns benefícios antes de começar a usar? Confira:

 

  • O WhatsApp Pay tem limitação de R$ 1.000 por operação.
  • Todos os dias podem ser feitas até 20 transações.
  • O total mensal deverá ficar em até R$ 5.000.
  • Os pagamentos só poderão ser feitos dentro do Brasil, e em reais.
  • Os bancos podem estabelecer um limite menor para transações.
  • Transferência entre contas pessoais e pagamento de compras são isentos de taxas.
  • O dinheiro será depositado na conta cadastrada em 2 dias úteis.
  • E se você ficou na dúvida, basta consultar o status do pagamento. Vai estar lá: pendente, solicitado, processando, efetuado, não efetuado e expirado.

 

 

Saiba se o WhatsApp Pay é seguro

Quando o assunto é dinheiro e como o noticiário está toda hora falando de golpes pelo Pix, redes sociais e outros golpes financeiros, você deve estar com a pulga atrás da orelha.

Prudência e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

Mas o WhatsApp Pay, além de fácil, é seguro.

Ele foi regulado pelo Banco Central neste ano.

Se até aquela tia que faz você passar vergonha nos grupos da família já sabe usar esta funcionalidade, só falta você.

O app é classificado como uma instituição de pagamento.

O WhatsApp é apenas o meio, ele não tem acesso ao dinheiro que está no banco.

Ele apenas dá o comando para o banco executar a ordem a pedido do cliente, que a fez dentro do app.

O serviço de pagamentos é protegido por várias camadas de segurança, como o PIN do Facebook Pay e a biometria em dispositivos compatíveis.

Além disso, há os princípios de segurança como a criptografia entre o telefone do usuário e os servidores do Whats.

Tudo isso mantém as informações da sua conta de pagamento seguras.

Segundo o WhatsApp informou, mesmo que um golpista clonar sua conta em outro telefone, ele não vai conseguir realizar os pagamentos, pois ainda será preciso o PIN do Facebook Pay e a biometria.

Por outro lado, tome cuidado. Não há ‘control z’!

Isso mesmo, não há como reverter uma transação feita. Por isso, faça tudo com calma para não se equivocar.