Você, com certeza, já se viu diante de algum assunto sem saber o que significava e muito menos sem saber o que fazer. Principalmente quando o assunto é economia, né?
É complicado lidar com diversas coisas ao mesmo tempo. Crescer, estudar, aprender, trabalhar e ganhar dinheiro. Peraí, que dinheiro? Já acabou!
Essa é uma característica muito comum para quem não entende nada de finanças, muito menos em relação ao próprio bolso.
Por isso é um fato que as pessoas que tiveram uma educação financeira na escola ou Pipoca e aprendizado: veja 5 filmes sobre educação financeirana infância tendem a ter uma boa relação com finanças quando adultos.

Mas o que é educação financeira

A educação financeira reúne diversos conhecimento e técnicas para ajudar você a lidar bem com o seu dinheiro, conhecimentos, esses, que podem ser aplicados tanto na vida pessoal, quanto na vida empresarial.
De forma resumida, a educação financeira é um conjunto de conhecimentos e práticas que ajudam as pessoas a terem uma boa relação com as finanças pessoais.
Desse modo, essa disciplina ensina as pessoas a organizarem suas finanças e a diminuir suas despesas, além de mostrar quais são os melhores métodos para cuidar do próprio dinheiro.

E o que uma pessoa educada financeiramente consegue fazer?

Bom, ao aplicar a educação financeira em sua vida, o indivíduo passa a acompanhar a movimentação do seu dinheiro mais de perto, o que possibilita um melhor planejamento financeiro.
Assim, é possível aprender novos conceitos e habilidades que te ajudam a tomar as melhores decisões financeiras, priorizando sempre a economia.
Ou seja, você pode evitar os problemas decorrentes da indisciplina financeira, como as dívidas e o excesso de gastos supérfluos.

Também consegue diversos benefícios para sua vida

Além disso, a educação financeira pode trazer outros benefícios para a suas finanças pessoais e familiares.
Uma pessoa que sabe sobre finanças e aprende melhor sobre o assunto, consegue colocar tudo em ordem com mais facilidade. Quem sabe disso, pode:
– Ficar livre de dívidas
– Ter menos frustrações caso aconteça algum imprevisto
– Aproveitar melhor o seu dinheiro
– Saber como gastar e otimizar a grana
– Ter um padrão de vida confortável, mesmo sem uma renda alta
– Fazer os melhores investimentos
– Ter menos dor de cabeça e estresse com contas para pagar

A importância de saber cuidar do próprio dinheiro

Com algumas informações anteriores, já dá para perceber como é importante saber mais sobre finanças por diversos motivos, principalmente para otimizar a sua vida pessoal.
Algumas pessoas precisam correr atrás do prejuízo agora, quando não têm mais tanto tempo hábil para estudar. E se você tivesse aprendido tópicos sobre finanças antes, talvez sua vida financeira estivesse mais em ordem, não é mesmo?
Por isso, é muito importante que as crianças sejam estimuladas a aprender sobre finanças desde cedo. Se você quer que seus filhos sejam bem informados sobre finanças, e tenham uma relação saudável com o dinheiro para não sofrer como você, é melhor começar a agir.
No entanto, as crianças não possuem muitos estímulos a aprender sobre educação financeira nas escolas. Dessa forma, esse tipo de educação acaba sendo uma responsabilidade dos pais.
E convenhamos: seria ótimo ter tido uma educação financeira desde cedo, né? Infelizmente, as escolas não abordam esse assunto com tanta frequência ou eficácia para que as crianças e adolescentes já saibam melhor sobre assuntos que enfrentarão no futuro.
IPVA, Imposto de Renda, IPTU, entre outras coisas que todo adulto precisa lidar. Para você, que deseja aprender e ensinar os seus filhos a lidarem melhor com o dinheiro, confira 6 dicas de educação financeira para crianças para você incluir na rotina.
E se você quer aprender mais e não tem tempo, que tal investir em ouvir mais sobre o assunto? Vem ver algumas dicas de podcasts sobre educação financeira que você pode ouvir no caminho para o trabalho, clique no botão!